Xuxa fez pacto com o diabo? Entenda a teoria e saiba o que a artista diz

Boato surgiu ainda no início da carreira da apresentadora, que já revelou sua chateação e incômodo com essa história

Afinal de contas, Xuxa Meneghel fez um pacto com o diabo? Esta é a teoria mais famosa envolvendo uma das apresentadoras e artistas mais famosas e queridas do Brasil – e ela surgiu muito tempo antes de a internet se tornar o que ela é hoje. 

Ao mesmo tempo em que fazia grande sucesso e era muito popular entre o público infantil, Xuxa teve de conviver com todas estas histórias de que teria concretizado uma aliança com o coisa-ruim. Diversas pistas e indícios já foram apontados pelos conspiracionistas de plantão com o passar dos anos. E afinal de contas, o que a própria artista pensa dessa conversa toda?

- Advertisement -

Como a teoria surgiu e foi sustentada

A teoria de que Xuxa fez um pacto com o diabo surgiu ainda nos anos 1980, mais precisamente em 1986. Foi no ano em questão que a artista lançou o álbum “Xou da Xuxa”, que continha canções famosas como “Meu Cãozinho Xuxo”, “Doce Mel” e “Amiguinha Xuxa”.

Não demorou para muitas pessoas começarem a dizer que se o disco fosse tocado ao contrário — o que era possível fazer graças aos vinis —, existiam diversas mensagens subliminares em algumas faixas. Nelas, a apresentadora daria indícios desse suposto acordo demoníaco.

Outras canções lançadas com o passar dos anos também se tornaram alvo desta teoria das mensagens subliminares. Um bom exemplo veio em “Marquei um X”. Em diversos trechos, Xuxa diz o seguinte:

“Marquei um X, um X, um X no seu coração.”

Se tocado de trás para frente, os três “xis” citados no verso são lidos como “six”, que é “seis” em inglês. Por ser repetido três vezes, Xuxa estaria invocando o “666”, o número da besta. 

A grudenta “Ilariê” — que muita gente com seus 30 anos ou mais cantou na infância — foi outra vítima da teoria e até de intolerância religiosa. Ela teria começado dentro de igrejas evangélicas e afirmado que a palavra era de um dialeto africano e remeteria justamente o diabo e demônios.

Outra canção famosa da artista que também não escapou foi “Lua de Cristal”. Tudo por conta do trecho em que Xuxa diz “o cara lá de cima”, que é uma clara referência a Deus.

No entanto, segundo os boatos, Xuxa estaria impedida de dizer “Deus” em suas canções justamente por conta do suposto pacto com o diabo. Se ela dissesse a palavra, corria o risco de perder tudo que havia conquistado até então. Por isso, teria optado por sempre dizer “o cara lá de cima”.

A boneca baseada na artista também foi vítima da teoria. Começou-se a dizer que na cidade de Sorocaba, o brinquedo teria sido possuído por um demônio e tirado a vida de uma criança de dois anos de idade. A história, claro, se tornou uma lenda urbana no município do interior de São Paulo.

Nem mesmo o próprio nome artístico de Xuxa foi poupado — e como no caso de “Ilariê”, ganhou força por causa da intolerância religiosa. Segundo um pastor, ele seria uma junção de Exu e Orixá, duas entidades importantes da umbanda, que durante anos, foi equivocadamente associada ao satanismo.

Outro ponto apontado é o fato de Xuxa ter o costume de fazer um sinal com as mãos muito parecido com os famosos chifrinhos, que também são associados ao satanismo. A artista ainda tinha o hábito de fazer o símbolo sempre que falava “Deus” ou “Jesus Cristo”, o que seria uma forma de compensar o fato de dizer as duas palavras — lembre-se que pela teoria, ao firmar o suposto pacto, ela estaria impedida de dizê-las.

As diferentes reações de Xuxa

Curiosamente, Xuxa teve diferentes reações à teoria ao longo dos anos. Além de ter negado a história, moveu processos na Justiça por conta dela e até a ironizou em uma ocasião.

Em 2021, para o canal “Seja Eu”, do YouTube, Xuxa negou toda essa história e reforçou sua conexão com Deus — ou com “o cara lá de cima”, como ela gosta de dizer.

Leia também:  Quando João Gordo foi para casa de Andreas Kisser no deserto dos EUA e comeu até vomitar

“Eu já ouvi algumas pessoas falando, lá no início: ‘ela tem um pacto com o diabo’. Alguém que tem um pacto com o cara lá debaixo não poderia ter nem um terço das coisas que tenho, porque isso dá muita força para ele. Eu tenho uma relação de amizade, de amor, com o cara lá de cima. E ele também tem comigo. Senão, eu não teria o que eu tenho.”

Em algumas ocasiões, a apresentadora também explicou alguns de seus costumes que foram apontados como pistas do suposto pacto. 

A respeito do sinal semelhante ao chifrinho, a artista lembrou que ele é usado em linguagem de sinais para representar amor e que você aceita qualquer pessoa do jeito que ela é.

Um simples fato que defende Xuxa é que ela faz o sinal com o dedão da mão estendido, que possui justamente esse significado mencionado por ela na linguagem de sinais. Já na suposta adoração ao diabo, o dedão deve ficar fechado e apoiado nos dedos médio e anelar. 

Sobre o seu nome artístico, a artista afirmou que ele vem do japonês, em que o “Xu” (que seria “Shu” na língua japonesa) significa “arco-íris”, enquanto o “Xa” (que seria “Sha”) é o mesmo que “bonito”. 

Até mesmo alguns colaboradores de Xuxa saíram em sua defesa. Foi o caso de Cid Guerreiro, um dos compositores de “Ilariê”. Ele, que se tornou evangélico, garante que não existe qualquer conexão com o diabo e que a palavra foi inventada para a canção.

“O boato surgiu dentro da Igreja Evangélica. Falavam que era um ex-bruxo que virou pastor e espalhava que ‘Ilariê’ tinha a ver com ‘erê’, as crianças do candomblé, que a Igreja considera como pequenos demônios. Inventaram que era uma palavra de um dialeto africano, sendo que fui eu que inventei. Esse cara dizia que eu fiz o pacto e entreguei a música para a Xuxa. Ela era o alvo.”

Em algumas ocasiões, Xuxa não deixou os boatos e teorias passarem batido e processou aqueles que inflamaram esta história. Ironicamente, quem já foi alvo da apresentadora na Justiça foi a Igreja Universal, do pastor Edir Macedo — que também é dono da Record, emissora onde a apresentadora trabalhou entre 2015 e 2020.

Em 2008, a Folha Universal, o jornal da igreja, colocou na capa de uma edição que um pastor norte-americano tinha provas de que Xuxa vendeu sua alma para o diabo por US$ 100 milhões.

Foto via OTVFoco

A artista processou a gráfica da igreja por danos morais e venceu o caso. A Igreja Universal teve de pagar R$ 150 mil para a apresentadora e ainda estampar, em outra edição do jornal, que “Xuxa Meneghel afirma que tem profunda fé em Deus e respeita todas as religiões.”

Por fim, por mais que tenha demonstrado sua chateação e incômodo com toda esta história, Xuxa também já fez questão de ironizá-la há alguns anos. 

Em 2016, a apresentadora topou gravar um comercial para promover o show “Stranger Things”, que havia acabado de estrear e estourar na Netflix. Nele, Xuxa aparece vestida como se estivesse nos anos 1980, época em que começou a fazer sucesso e que também é a mesma em que o seriado se passa.

Em alguns momentos, a artista brincou ao citar algumas das coisas mencionadas pela teoria, como :

“Será que ele comprou a minha boneca?

Quem quer ouvir meu disquinho ao contrário?”

Em linhas gerais, é isso que podemos afirmar sobre toda essa história envolvendo Xuxa. Lembre-se de que toda essa conversa se trata apenas de uma teoria e boatos que não devem ser levados tão a sério. No entanto, é bem provável que a apresentadora tenha de conviver com eles — e desmenti-los — pelo resto de sua vida.

*Texto construído com informações de: Diogo Paródias, Legião dos Heróis, O Tempo, Aventuras na História, Notícias da TV, Uol e Metrópoles.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesXuxa fez pacto com o diabo? Entenda a teoria e saiba o...
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades