Bryan Adams lança o single antiguerra “What if There Were No Sides at All”

Músico espera que a canção provoque reflexões e encoraje conversas em busca da paz mundial

O músico Bryan Adams lançou um novo single. “What if There Were No Sides at All” é inspirada nos atuais conflitos mundiais e serve como um manifesto do artista contra a ideia de se escolher lados.

Diz o cantor em texto na descrição do videoclipe – que pode ser conferido no player abaixo:

“Esta é uma canção antiguerra. As locações são genéricas, mas representam os conflitos no mundo. O objetivo dessa música é provocar reflexão e talvez até encorajar os governantes a se sentar e conversar sobre paz. No momento, há apenas divisão e morte crescentes – resultado de bilhões de dólares gastos pelos governos para financiar essas guerras sem fim.”

- Advertisement -

Bryan Adams e “So Happy it Hurts”

Em março do ano passado, Bryan Adams lançou seu álbum mais recente. “So Happy it Hurts” é o 15º trabalho de inéditas do músico e foi gravado durante a pandemia. O disco chegou ao top 10 em seis paradas europeias e na australiana, onde alcançou o 3º lugar – mesma posição do Reino Unido.

Leia também:  Ex-vocalista do Autograph, Steve Plunkett anuncia álbum solo “Straight Up”

A produção ficou a cargo do próprio astro, em parceria com o lendário Mutt Lange, que retornou no projeto após sete anos afastado da indústria.

Em junho, Adams inicia sua nova turnê norte-americana. O giro se estende até agosto e terá Joan Jett & The Blackhearts como atração especialmente convidada.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioLançamentosBryan Adams lança o single antiguerra “What if There Were No Sides...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades