Quando carne crua de Blackie Lawless foi parar em amplificador de Chris Holmes

Líder do W.A.S.P. sempre gostou de transformar o palco em um açougue, com direito a fazer os cortes ao vivo

As performances de Blackie Lawless com carne crua nos shows do W.A.S.P. são momentos emblemáticos. Além de fatiar e simular engolir as peças, o frontman costuma jogar pedaços aos fãs, que levam como um presente – será que eles incluem no churrasco seguinte da família?

Porém, nem sempre as coisas acontecem como planejado. Ex-guitarrista da banda, Chris Holmes lembrou um momento em que as coisas saíram errado, durante entrevista à mais recente edição da revista Guitar World.

“Certa vez, parte disso acabou na parte de trás de um dos meus amplificadores. Fomos ensaiar cerca de três semanas depois. Tiramos o amplificador de uma garagem onde o guardávamos e, quando olhamos para trás, vimos todos aqueles vermes na carne.”

- Advertisement -

O equipamento não foi a única vítima dos arremessos de carne voadora. O próprio foi atingido, com resultado muito mais doloroso.

“Certa vez, durante um show, Blackie pegou a grande caixa de carne e jogou para o lado do palco. Ela ricocheteou em uma parede e me atingiu na têmpora – me deixou inconsciente.”

O público, sem surpresa, saía pior dos banhos de carne.

“Não havia nada que a multidão pudesse fazer. Os lugares ficavam lotados, então você basicamente precisava correr o risco. Era intenso. Eu costumava dizer a Blackie: ‘As pessoas sabem para que lado você vai jogar. Você tem que apontar para um lado e depois jogar a carne para o outro lado. Você será capaz de prender as pessoas.’ Ele tentou e disse: ‘Isso é muito melhor. As pessoas não estão esperando por isso.’”

Chris Holmes e W.A.S.P.

Chris Holmes fez parte do W.A.S.P. em seu momento de maior popularidade, entre 1983 e 1990. Retornaria em 1996, saindo novamente em 2001. Atualmente, comanda o Mean Man, seu grupo solo. Ano passado, enfrentou um câncer de garganta.

Leia também:  Sharon marcava shows de Ozzy no mesmo dia e cidade do Black Sabbath, diz Tony Martin

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesQuando carne crua de Blackie Lawless foi parar em amplificador de Chris...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades