De Beatles a Joni Mitchell: as 6 músicas favoritas de Peter Gabriel

Ex-vocalista do Genesis e artista solo bem-sucedido, mostrou o quanto é uma pessoa eclética em suas escolhas, bem justificadas por ele

A carreira de Peter Gabriel mostra que a ecleticidade é parte de sua personalidade.

Portanto, não foi surpresa quando, em 2010, a ABC News pediu que o astro fizesse uma lista com suas músicas preferidas. Seis delas foram escolhidas e comentadas.

- Advertisement -

Confira a lista a seguir.

As músicas favoritas de Peter Gabriel

Beatles – “Please Please Me”, do álbum “Please Please Me” (1963)

“O primeiro disco que comprei economizando dinheiro no meu cofrinho foi ‘With the Beatles’. Ouvi ‘Please Please Me’ no rádio Eu sentava no banco de trás do carro dos meus pais quando estávamos nessas longas viagens até a costa. E o que as pessoas esquecem, eu acho, é que na época aquilo era muito rebelde, áspero, travesso e cheio de vida. Irresistível para qualquer jovem. Os Beatles foram uma grande influência enquanto eu crescia e continuaram sendo enquanto havia toda aquela revolução em torno do sucesso deles.”

Otis Redding – “A Change is Gonna Come”, do álbum “Otis Blue” (1965)

“Tive muita sorte de em 1967, quando tinha 17 anos, ir ver Otis Redding se apresentar no Ram Jam Club em Brixton, Londres. Quando ele apareceu, foi como se o sol estivesse nascendo. Era apenas essa voz incrível, totalmente no comando. Grande banda, grandes grooves e paixão que permeava tudo. Essa é uma música associada a outras pessoas, como Sam Cooke. Mas é apenas a maneira como Otis transmitia a mensagem. Acho que ele é um intérprete supremo, que coração!”

Jimi Hendrix – “Hey Joe”, do álbum “Are You Experienced” (1967)

“Lembro-me de onde estava quando a ouvi pela primeira vez: na escola em uma sala específica no andar de cima e estava. A canção vinha da sala ao lado. Meu ouvido se animou, tinha que descobrir quem era esse artista. Eu acho que particularmente quando você está crescendo, as músicas são como carimbos de memória. São experiências intensas e muito bonitas.”

Joni Mitchell – “Blue”, do álbum “Blue” (1971)

Leia também:  Gene Simmons: “é mais fácil estar nos Ramones, mas o Kiss foi muito maior”

“Apaixonei-me por Joni não apenas por causa da escrita, mas também porque ela era uma experimentadora. Estava sempre rompendo barreiras musicais, tanto na maneira como compunha as harmonias quanto na exploração de arranjos. Grande artista.”

Paul Simon – “The Boy in the Bubble”, do álbum “Graceland” (1986)

“Paul Simon escreveu tantas músicas ótimas. ‘The Boy in the Bubble’ foi uma delas. Como muitas pessoas, eu amei o disco Graceland. Você se deixa levar pelos grooves contagiantes e nem sempre ouve muito as palavras. Mas essa é uma das letras mais extraordinárias escritas em uma música de rock. É impressionante.”

Randy Newman – “I Think It’s Going to Rain Today”, do álbum “Randy Newman” (1968)

“Outro mestre na composição. Faz belos arranjos. Algumas das coisas que fez para filmes parecem enganosamente simples, mas são realmente o trabalho de um mestre. Eu acho que ‘I Think It’s Going to Rain Today’ é uma de suas melhores músicas. Não se trata de uma mensagem necessariamente positiva, mas é uma composição lindamente construída, elegante e com muito coração.”

Sobre Peter Gabriel

Nascido em Surrey, Inglaterra, Peter Gabriel demonstrou aptidão artística desde cedo, aprendendo a tocar bateria e piano na infância. Compôs a primeira música aos 12 anos de idade.

Em 1965, formou o Garden Wall. A banda durou dois anos, até que alguns integrantes se juntaram a outros colegas e criaram o Genesis, que se tornaria uma das maiores referências do Rock Progressivo. Permaneceu no conjunto até 1975.

A seguir, deu início a uma carreira solo bem-sucedida, agregando elementos experimentais e de vanguarda à música pop. O videoclipe para a canção “Sledgehammer” é o mais tocado da história da MTV em todo o mundo, além de ser o recordista de prêmios do Video Music Awards, tendo faturado nove estatuetas na cerimônia de 1987.

Também usou sua arte para propagar convicções enquanto defensor dos direitos humanos. Recebeu o prêmio Man Of Peace, da Fundação Nobel, em 2006.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesDe Beatles a Joni Mitchell: as 6 músicas favoritas de Peter Gabriel
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades