M. Shadows critica artistas que lançam várias versões do mesmo álbum

Fãs de Taylor Swift se sentiram pessoalmente atingidos pela opinião do vocalista do Avenged Sevenfold

Um artista lança seu novo disco. Meses mais tarde sai a tour edition. Um ano depois, relançamento com sobras das sessões. Cinco anos se passam e vem a reedição deluxe.

E assim a roda segue girando para sempre, fazendo de panaca quem adquiriu a versão original. A coisa é cada vez mais comum, mesmo com o declínio das vendas físicas – ou, talvez, até por isso.

- Advertisement -

Mas o fato é que nem todos são adeptos da prática. Que o diga M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold. Conforme apontado pela Metal Hammer, na última segunda-feira (7), o músico foi ao seu Twitter e deixou sua opinião sobre o tema registrada.

“Vender várias versões, repackages e pacotes de seu álbum para o mesmo fã para que você possa obter uma posição nas paradas com a qual ninguém se importa e acaba sendo manipulada deve ser chamado pelo que é…. abuso de fãs.”

Após o impacto inicial da declaração, o frontman de uma das bandas mais bem-sucedidas das recentes gerações metálicas se aprofundou.

“Vou expandir: tudo bem oferecer opções. O problema é quando se torna: compre o vinil para descontos nos ingressos… compre a versão 1 do CD para uma faixa extra. Compre a fita de 8 faixas na primeira semana para uma camiseta exclusiva. É besteira fazer você comprar a mesma merda para bombar números. Isso é f*da!”

Sobre quem? Taylor Swift?

Questionado por um fã se estava mirando em algum artista em particular, Shadows enfatizou:

“Todo mundo… o sistema… Música como mercadoria… Nenhuma atitude artística… piada total.”

Isso, no entanto, não pareceu impedir que fãs de Taylor Swift levassem as opiniões de Shadows para o lado pessoal. A manifestação foi vista como um ataque direto à estrela pop, que colocou à venda versões diversas de álbuns que lançou nos últimos anos. O mais recente, “Midnights” (2022), contou com capas e detalhes em cores variados e foram divulgados como sendo “colecionáveis”.

Leia também:  Courtney Love e Melissa Auf Der Maur se reúnem em estúdio após mais de duas décadas

Um fã da cantora disse:

“Taylor Swift teria ficado no topo das paradas apenas em streams (confirmado pelas paradas da Billboard).”

Shadows respondeu:

“Claro que sim. Uma artista verdadeiramente grande e ela merece. Eu nem estava falando sobre Taylor… literalmente a coisa mais distante da minha mente. Estamos recebendo ‘opções’ de nossa gravadora, mas é tudo para ganhar dinheiro (daí o tweet) … mas você não acha estranho um base de fãs ficar tão chateada com meu tweet que não nomeia ninguém?”

Após receber mais respostas nada gentis, o vocalista decidiu encerrar o assunto.

“Eu estava realmente tentando descobrir como um monte de crianças começaram a comentar no meu post… e agora vejo todos os fãs de Taylor pensarem que estou falando sobre ela. porque todos eles compraram várias edições do mesmo álbum. Tenho que amar os cultos do Twitter! Não responderei mais a swifties.”

M. Shadows e Avenged Sevenfold

Paralelamente a bater boca nas redes sociais, M. Shadows está finalizando o novo disco do Avenged Sevenfold. O lançamento do sucessor de “The Stage” (2016) deve acontecer em algum momento do próximo ano.

Em entrevista à Metal Hammer concedida em abril último, o cantor surpreendeu ao citar um polêmico astro da música pop como inspiração para o novo material.

“Fomos muito influenciados por Kanye West. Ele tem feito grandes canções soul. É um estilo com o qual não cresci. Meu pai ouvia Boston e Alice Cooper. Não conhecia a música negra muito a fundo. Também temos mergulhado em trabalhos de jazz. Não vamos fazer um disco no estilo, mas as mudanças de acordes e progressões que eles fazem abriram nossos olhos para novas possibilidades.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasM. Shadows critica artistas que lançam várias versões do mesmo álbum
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades