Foto: Mark Weiss

O que Yngwie Malmsteen fez para mudar a história da guitarra, segundo ele próprio

Músico apontou busca por referências no segmento erudito como diferencial de sua técnica no instrumento

Com uma longa carreira baseada no estilo neoclássico, Yngwie Malmsteen sabe que seu grande diferencial é o apelo de sua técnica na guitarra à música erudita. Foi exatamente este tópico que ele citou em entrevista à revista japonesa Young Guitar como o maior elemento distintivo de sua carreira.

Conforme transcrição do site Music Radar, ele declarou:

“O que fiz foi que peguei toda a técnica de guitarra, joguei pela janela e apliquei a técnica de violino. Ninguém nunca fez isso antes, ninguém.”

Dono de opiniões e posicionamentos controversos, o músico sueco citou quais compositores da música clássica o influenciaram. Ele também aproveitou para comentar como vê os guitarristas de rock neste cenário.  

“Minhas influências clássicas são 100% de Johann Sebastian Bach, Antonio Vivaldi, Nicolai Paganini, Tchaikovsky, Mozart e outros. Minha influência clássica não vem de outros guitarristas, vamos deixar isso bem claro.

Tenho que dizer que amo Uli Jon Roth, amo Ritchie Blackmore, amo Billy Gibbons, amo Angus Young, amo Brian May… acho que eles são todos incríveis guitarristas. Tenho muito respeito por eles. Não estou os categorizando, estou dizendo que meu estilo é originário do violino clássico.”

A limitação da guitarra rock

Yngwie Malmsteen ainda apontou que vê a técnica de guitarra usada no rock como limitada, tendo em vista o surgimento baseado no blues.

“A tonalidade do blues é linda, eu amo, mas são 5 notas [pentatônica]. Na escala cromática você tem 12 notas, mas não pode tocar isso, o que é legal às vezes… talvez. Mas você pode usar [escalas] maiores ou menores ou coisas do tipo. Sinto que a escala do rock and roll é extremamente limitada a essas 5 notas. Amo AC/DC, amo bandas de rock mais simples, acho incríveis. Só estou dizendo o que quis fazer, aplicar o que hoje é conhecido como neoclássico.”

O guitarrista cedeu a entrevista portando sua guitarra o que permitiu que todos seus argumentos fossem acompanhados de exemplos práticos das diferenças entre as técnicas de rock e a neoclássica. A entrevista completa, em inglês e sem legendas em português, está disponível abaixo.

Sobre Yngwie Malmsteen

Nascido na Suécia, Yngwie Malmsteen começou a estudar música ainda na infância. Sob a influência dos rockstars das décadas de 1960 e 1970, escolheu a guitarra como seu instrumento de trabalho.

Mudou-se para os Estados Unidos ainda jovem, onde estabeleceu sua carreira. Com o estilo neoclássico, consolidou uma trajetória que conta com dezenas de álbuns lançados ao longo de quatro décadas. 

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
3
Share