O melhor álbum de rock progressivo da história, na opinião de Mike Portnoy

“Close to the Edge”, do Yes, reúne tudo que o subgênero representa de acordo com o baterista: "a faixa-título é uma das maiores peças prog já escritas"

Mike Portnoy falou sobre álbuns que estão completando 50 anos em 2022 durante participação no podcast Prog Report. E aproveitou para se valer de sua autoridade em rock progressivo para realizar uma declaração impactante sobre um trabalho seminal no estilo.

A declaração veio quando foi abordado o fato de “Close to the Edge”, clássico do Yes, estar atingindo meio século de seu lançamento. Conforme transcrito pelo Ultimate Guitar, o baterista não se conteve na hora de rasgar elogios.

“Este é a quintessência, talvez o maior álbum progressivo de todos os tempos. Certamente um dos meus favoritos da história. Reúne tudo que prog significa. É um disco perfeito. Faz parte da santíssima trindade da banda, com o ‘The Yes Album’ e ‘Fragile’.”

- Advertisement -
Leia também:  Os maiores diferenciais do Pearl Jam, segundo o produtor Andrew Watt

Portnoy aproveitou para analisar as três faixas que compõem o tracklist original.

“Já começa com a faixa-título, que é uma das maiores peças prog já escritas, junto com ‘Supper’s Ready’ do Genesis. No lado dois temos ‘And You And I’ e ‘Siberian Khatru’. As três são perfeitas. E essa é a formação que fez apenas dois álbuns naquela época. É até estranho lembrar que só fizeram dois álbuns com Anderson, Squire, Howe, Wakeman e Bruford. Como disse, para mim é o melhor álbum progressivo de todos os tempos. Se há algo que precisa representar esse gênero, esse é o disco para mim.”

Yes e “Close to the Edge”

Quinto trabalho de estúdio, “Close to the Edge” foi o maior sucesso comercial da carreira do Yes nos Estados Unidos, chegando ao 3º lugar na Billboard 200, além de 4º na Inglaterra. Marcou a despedida do baterista Bill Bruford em sua primeira passagem.

Leia também:  Como pandemia conduziu volta de Mike Portnoy ao Dream Theater

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesO melhor álbum de rock progressivo da história, na opinião de Mike...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

6 COMENTÁRIOS

  1. De fato, o quinteto áureo como disse o crítico Valdir Montanari em seu livro Rock Progressivo, produziu uma obra inigualável. Três músicas que valem por muito álbum duplo, progressivo na essência e sem precisar de três ou quatro audições para ser assimilado. Quando eu vi o título, logo pensei no Close…, mas achei que uma sumidade como ele fosse tirar um coelho raro da cartola que só ele ouviu.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades