Bob Rafelson, cocriador do The Monkees, morre aos 89 anos

Micky Dolenz, único membro ainda vivo da banda, homenageou o cineasta nas redes sociais

O cineasta, produtor e roteirista Bob Rafelson faleceu no último sábado (23) aos 89 anos, vítima de câncer no pulmão. Ele ficou mais conhecido no mundo pop como um dos criadores do grupo e da série The Monkees.

A proposta do programa televisivo era misturar música e comédia, contando a história de uma banda de rock. Inicialmente fictícia, ela ganhou vida, emplacou sucessos, gerou polêmica e esteve na ativa pelas décadas seguintes.

Único membro do quarteto ainda vivo, o baterista e vocalista Micky Dolenz postou domingo (24) no Twitter:

“Infelizmente Bob morreu ontem à noite, mas tive a chance de enviar uma mensagem dizendo o quanto sou eternamente grato eu por ele ter visto algo em mim. Obrigado do fundo do meu coração, meu amigo.”

Bob Rafelson além do The Monkees

Ainda com os Monkees, Rafelson deu início a uma parceria com Jack Nicholson no filme “Head!” – “Os Monkees Estão Soltos”, como ficou conhecido no Brasil – de 1968. Junto de Stephen Blauner, a dupla fundou a Raybert Productions, posteriormente renomeada BBS.

Foi indicado ao Oscar de melhor diretor por “Cada Um Vive Como Quiser”, de 1971. Bob deixa três filhos, frutos de dois casamentos. O mais velho, Peter Rafelson, é compositor e trabalhou com Madonna no álbum True Blue (1986).

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share