Capelas de Las Vegas são impedidas de usar nome e imagem de Elvis Presley

Imitadores e administradores das capelas devem ter grandes prejuízos; medida judicial vem logo antes da estreia da cinebiografia do rei do rock

Casamento em Las Vegas com direito a um imitador de Elvis Presley comandando a cerimônia é quase um evento obrigatório para os casais que vão conhecer a cidade – ou se conhecem por lá. Mas a prática está chegando ao fim, agora que as capelas onde os casamentos são realizados estão sendo impedidas judicialmente de usar o nome e a imagem do rei do rock.

De acordo com o Las Vegas Review-Journal, a Authentic Brands Group (ABG), empresa que administra os espólios de Elvis e nomes como Marilyn Monroe e Muhammad Ali, entrou formalmente com o pedido na justiça do estado americano de Nevada. A companhia afirma que os nomes “Elvis”, “Elvis Presley” e “rei do rock and roll” estão sob sua propriedade, bem como a clássica imagem do cantor.

- Advertisement -

As capelas tiveram uma semana – com prazo encerrado em 27 de maio – para tirar qualquer referência ao cantor de seus serviços. Dessa forma, centenas de imitadores de Presley que ganham a vida em Las Vegas, bem como os administradores dos locais, podem ter seus trabalhos prejudicados.

Muitas dessas instituições – que lá funcionam como um negócio de prestação de serviços – trazem o nome de Elvis Presley ou referências a ele no nome do estabelecimento ou na descrição de serviços oferecidos, além de decoração e vários itens.

Leia também:  Bruce Dickinson faz 1º show solo em 22 anos; veja setlist e vídeos

Os proprietários estão preocupados com o impacto nos negócios, já que toda a indústria do entretenimento ainda tenta se recuperar do baque da pandemia de covid-19. Com a estreia da nova cinebiografia de Elvis Presley se aproximando, os profissionais esperavam até mesmo uma alta nas atividades, com o rei do rock voltando a ficar em evidência.

Por enquanto, shows de imitadores não estão sendo afetados pelas medidas, que parece ser direcionada apenas aos ambientes de casamento.

“Elvis”, o novo filme sobre Elvis Presley

A produção da cinebiografia de Elvis Presley começou em 2014, mas as filmagens só tiveram início em 2019, após uma longa seleção de elenco.

Para o papel do lendário cantor falecido em 1977, foram considerados nomes como o cantor Harry Styles, além de Miles Teller (“Top Gun: Maverick”) e Aaron Taylor-Johnson (o Mercúrio do Universo Cinematográfico Marvel), mas Austin Butler (“Era uma vez em… Hollywood”) ficou com o trabalho.

Tom Hanks (“Um lindo dia na vizinhança”, “Forrest Gump – O contador de histórias”) foi o primeiro confirmado e logo que as gravações começaram, o ator e sua esposa foram algumas das primeiras celebridades a contraírem covid-19, ainda no início da pandemia. Isso também colaborou para um atraso na produção, mas o filme já tem estreia programada: “Elvis” chega aos cinemas brasileiros em 14 de julho deste ano, após exibição no exterior.

Leia também:  Hall & Oates não irá voltar, segundo John Oates

O elenco conta ainda com os seguintes nomes:

  • Olivia DeJonge (“Stray Dolls”) como Priscilla Presley, esposa de Elvis;
  • Helen Thomson (séries “Top of the Lake” e “Rake”) interpreta a mãe de Elvis, Gladys;
  • Richard Roxburgh (“Moulin Rouge!”, “Uma Razão para Viver”, “Até o Último Homem”) retrata o pai de Elvis, Vernon;
  • Luke Bracey (“Até o Último Homem”, “Caçadores de Emoção: Além do Limite”) como Jerry Schilling;
  • Natasha Bassett (“Ave, César!”), como Dixie Locke;
  • David Wenham (a trilogia “O Senhor dos Anéis”, “Lion – Uma Jornada para Casa”, “300”), como Hank Snow;
  • Kelvin Harrison Jr. (“Os 7 de Chicago”, “A Batida Perfeita”) no papel de B.B. King;
  • Xavier Samuel (“Amor sem Pecado”, A Saga Crepúsculo: Eclipse”) como Scotty Moore;
  • Kodi Smit-McPhee (“Ataque dos Cães”) como Jimmie Rodgers Snow.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasCapelas de Las Vegas são impedidas de usar nome e imagem de...
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes
André Luiz Fernandes é jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP). Interessado em música desde a infância, teve um blog sobre discos de hard rock/metal antes da graduação e é considerado o melhor baixista do prédio onde mora. Tem passagens por Ei Nerd e Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades