Dave Grohl diz entender Ringo Starr no documentário “The Beatles: Get Back”

“Sei como é estar atrás do kit de bateria vendo um monte de pessoas discutindo”, refletiu o frontman do Foo Fighters, que foi baterista do Nirvana e de vários outros projetos

A relação de Dave Grohl com a história dos Beatles é reconhecida por quem costuma acompanhar as entrevistas do líder do Foo Fighters. Imagine, então, quando o bate-papo acontece com um jornal inglês.

Recentemente, o The Guardian pediu que o músico escolhesse seu livro recente favorito.

“‘As Letras’, de Paul McCartney. Sou familiarizado com toda a obra dele. Provavelmente, poderia recitar a maioria das letras sem muito esforço. Mas ter essa perspectiva vinda direto do compositor, explicando detalhes, é muito recompensador. Humaniza todo o processo.”

- Advertisement -

Outro produtor recente relacionado ao Fab Four é o documentário “The Beatles: Get Back”. O filme trouxe sentimentos especiais a Grohl em relação a Ringo Starr.

Baterista do Nirvana, Queens of the Stone Age, Them Crooked Vultures e vários outros, Dave consegue imaginar como o colega se sentia nos momentos mais tensos.

“Ficava o tempo todo o observando. Sei como é estar atrás do kit de bateria vendo um monte de pessoas discutindo. Tudo que você quer fazer é dar uma porrada no instrumento e gritar: ‘chega’.”

Leia também:  As duas bandas com mulheres que estão entre as mais pesadas hoje, segundo Tom Morello

Sobre “The Beatles: Get Back”

Disponível no Disney+, “The Beatles: Get Back” resgata o material produzido pelo diretor britânico Michael Edward Lindsay-Hogg entre os dias 2 e 31 de janeiro de 1969. Na época, os Beatles trabalhavam em estúdio na criação de um álbum que seria intitulado “Get Back”, mas acabou se tornando “Let it Be” (1970), o último da carreira.

A ideia era produzir um especial de TV na época, mas o projeto se transformou no documentário homônimo ao disco, também lançado em 1970. O período foi marcado por tensões internas, com direito a uma breve saída do guitarrista George Harrison. Por esse e outros motivos, o álbum acabou engavetado e a banda gravou “Abbey Road” (1969) em seguida, sendo lançado antes do próprio “Let it Be”.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesDave Grohl diz entender Ringo Starr no documentário “The Beatles: Get Back”
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades