Cerimônia do Grammy 2022 é adiada devido à variante ômicron da Covid-19

Decisão foi anunciada na tarde desta quarta-feira (5); evento estava marcado originalmente para o dia 31 de janeiro

Devido ao avanço da variante ômicron do novo coronavírus, a Recording Academy anunciou que a 64ª cerimônia do Grammy Awards não irá mais ocorrer no dia 31 de janeiro conforme estabelecido anteriormente. A nova data ainda não foi divulgada pela organização.

Em nota à imprensa, os responsáveis pelo evento, que seria realizado na Crypto.com Arena de Los Angeles, Estados Unidos, dizem:

“Após cuidadosa consideração e análise com autoridades municipais e estaduais, especialistas em saúde e segurança, a comunidade artística e nossos muitos parceiros, a Recording Academy e a CBS adiaram a 64ª cerimônia anual do Grammy Awards.

A saúde e a segurança de nossa comunidade musical, o público ao vivo e as centenas de pessoas que trabalham incansavelmente para produzir nosso show continuam sendo nossa principal prioridade.

Dada a incerteza que cerca a variante ômicron, segurar o show no dia 31 de janeiro ofereceria muitos riscos. Estamos ansiosos para comemorar a maior noite da música em uma data futura, que será anunciada em breve.”

Grammy e os adiamentos pela Covid-19

A cerimônia anterior, de 2021, também teve de ser adiada – neste caso, de janeiro para março do ano em questão. O motivo também foi a Covid-19, ainda sem sua variante ômicron.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share