Foto: Helcio Toth / Folha de S. Paulo

Por que Axl Rose atirou cadeira na direção de jornalistas brasileiros em 1992

Incidente se deu no Maksoud Plaza, hotel que encerrou atividades após 42 anos; profissionais chegaram a registrar boletim de ocorrência contra o vocalista do Guns N’ Roses

Após 42 anos em operação, o Maksoud Plaza encerrou suas atividades nesta terça-feira (7). Primeiro hotel cinco estrelas de São Paulo, o local recebeu várias estrelas e coleciona momentos históricos. Entre os fãs de rock, nenhum é mais lembrado que o acesso de fúria de Axl Rose contra jornalistas durante a segunda passagem do Guns N’ Roses pelo Brasil, em 1992.

Na ocasião, a banda tocou no Anhembi, em São Paulo, nos dias 10 e 12 de dezembro de 1992. Dia 13 fez um show no Rio de Janeiro, no Autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá.

Inicialmente, a equipe que acompanhava o Guns N’ Roses pediu que a imprensa fosse retirada do saguão. Os responsáveis pelo hotel se recusaram, argumentando ser de praxe a presença de fotógrafos e repórteres em situações como aquela.

Sendo assim, o vocalista interrompeu o jogo de sinuca no segundo andar, às duas e meia da madrugada, para arremessar uma cadeira de metal contra quem tentava fazer um registro do momento.

Logo após, como registrou o jornal O Estado de São Paulo, Axl resolveu fazer um programa com opções bem díspares.

“Meia hora depois do incidente, Axl e sua mulher deixaram o hotel numa perua Ibiza, dirigida por Odair Moreno, da produção brasileira do Guns. Segundo Moreno, Axl comentou que se sente muito cerceado pela imprensa, sobretudo por causa dos flashes.

Axl queria encontrar uma igreja aberta. Como não conseguiram encontrar nenhuma, ele acabou indo à casa noturna Columbia, à Rua Estados Unidos, onde comeu macarrão e dançou. Pediu em seguida para passear num parque, mas encontraram os portões do Ibirapuera fechados. Visitou o Obelisco e voltou ao hotel por volta das 6 horas.”

Axl Rose preso no Brasil?

A reportagem ainda destacou que o delegado Nalef Saad Neto esteve com o empresário do Guns N’ Roses à época, Doug Goldstein, para ouvir Axl Rose.

Os jornalistas registraram boletim de ocorrência contra o cantor, o acusando de “periclitação de vida” (colocar em perigo a vida ou a integridade de outras pessoas). A pena poderia ser de 3 meses a 1 ano de detenção – e caso condenado, Axl seria preso da próxima vez que voltasse ao país. Como esperado, nada aconteceu.

No ano anterior, durante a vinda ao Brasil para a segunda edição do Rock in Rio, Axl já havia jogado um telefone em fãs que estavam no saguão do hotel. Teria sido uma reação a pedidos feitos por seu número – uma resposta bem literal à frase “me dá seu telefone”.

Maksoud Plaza encerra atividades

Com uma dívida de R$ 81 milhões, o Maksoud Plaza estava em recuperação judicial desde o ano passado. Em nota oficial, a administradora HM Hotéis e a controladora Hidroservice Engenharia atribuíram o fechamento à crise da covid-19 e a planos de reestruturação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
86
Share