Deep Purple lança “Turning to Crime”, primeiro álbum de covers da carreira

Versões para músicas de Fleetwood Mac, Cream, Bob Seger, Bob Dylan, entre outros, foram gravadas pelos veteranos

O Deep Purple lançou nas plataformas digitais seu 22º álbum de estúdio. Intitulado “Turning to Crime”, o disco, composto por covers e novamente produzido por Bob Ezrin, chega a público no dia 26 de novembro, pela gravadora earMUSIC.

O repertório inclui versões para clássicos de artistas e bandas anteriores ou da mesma época do próprio Deep Purple. Sucessos de Fleetwood Mac, Cream, Bob Seger, Bob Dylan, entre outros, foram escolhidos pelos próprios integrantes do grupo: Ian Gillan (voz), Roger Glover (baixo), Steve Morse (guitarra), Don Airey (teclados) e Ian Paice (bateria).

Ouça “Turning to Crime” a seguir, via Spotify, ou clique aqui para conferir em outras plataformas digitais.

Em comunicado oficial, a banda explicou que a ideia de gravar um disco de covers surgiu naturalmente em meio à pandemia, já que não era possível fazer turnês. À revista Classic Rock, Ian Gillan disse que se opôs ao projeto e sentiu que estaria cometendo até uma espécie de “crime” com os fãs mais puristas do grupo – nasceu daí o título “Turning to Crime”, após ele ter sido convencido a participar do trabalho.

No comunicado, os músicos afirmaram:

“Pegue cinco músicos desempregados em prisão domiciliar, acrescente um pouco de tecnologia, misture uma colher de músicas que nos moldaram ao longo dos anos, leve ao forno por alguns meses e este prato é o resultado. Sirva com uma pitada de sal e toque em volume alto!”

O trabalho antecessor a “Turning to Crime” foi de inéditas: “Whoosh!”, lançado em 2020. Mesmo com décadas de carreira, o Deep Purple conseguiu um de seus melhores resultados nas paradas dos Estados Unidos com esse trabalho, pois chegou ao quarto lugar por lá. Em alguns outros países da Europa, atingiu a primeira colocação.

O álbum está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente. Siga e dê o play:

Deep Purple – “Turning to Crime”

  1. 7 And 7 Is (original do Love)
  2. Rockin’ Pneumonia And The Boogie Woogie Flu (Huey “Piano” Smith)
  3. Oh Well (Fleetwood Mac)
  4. Jenny Take A Ride! (Mitch Ryder & The Detroit Wheels)
  5. Watching The River Flow (Bob Dylan)
  6. Let The Good Times Roll (Ray Charles & Quincy Jones)
  7. Dixie Chicken (Little Feat)
  8. Shapes Of Things (The Yardbirds)
  9. The Battle Of New Orleans (Lonnie Donegan/Johnny Horton)
  10. Lucifer (Bob Seeger)
  11. White Room (Cream)
  12. Caught In The Act (Medley: Going Down / Green Onions / Hot ‘Lanta / Dazed And Confused / Gimme Some Lovin’)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
21
Share