Foto: divulgação

Mike McCready, do Pearl Jam, gostaria de regravar seu solo de “Even Flow”

Apesar do álbum “Ten” (1991) ter se tornado um clássico do Pearl Jam e do rock como um todo, o guitarrista Mike McCready admitiu que gostaria de mudar um detalhe a respeito do trabalho. Trata-se, peculiarmente, de um dos pontos altos do disco: o solo da música “Even Flow”, uma das mais conhecidas da banda.

Embora o álbum “Ten” (1991) seja um clássico do Pearl Jam e do rock como um todo, o guitarrista Mike McCready admitiu que gostaria de mudar um detalhe a respeito do trabalho. Trata-se, peculiarmente, de um dos pontos altos do disco: o solo da música “Even Flow”, uma das mais conhecidas da banda.

O músico revelou não ser o maior fã de seu próprio solo durante um bate-papo com a revista Guitar World. Mesmo tantos anos depois, ele revelou que tenta melhorar essa parte sempre que a música é tocada ao vivo – o que acontece com frequência nas turnês do Pearl Jam.

“Eu sempre quis fazer um solo melhor em ‘Even Flow’ do que o que está lá. Eu não deveria dizer isso, porque eu acho que algumas pessoas gostam do jeito que é. Apesar de que quando tocamos ela ao vivo eu sempre tento melhorá-lo. Mas não acho que existam outros aspectos que eu mudaria no disco. Foi a realização de um sonho.”

Pearl Jam e os problemas com “Even Flow”

Apesar de sua opinião sobre o solo de “Even Flow”, Mike McCready contou à Guitar World que foi a parte rítmica da música que tirou o sono da banda durante as gravações.

Segundo o guitarrista, a faixa foi uma das mais difíceis de serem gravadas, com muitos takes sendo necessários. A situação acabou com a paciência do baixista Jeff Ament e do guitarrista Stone Gossard.

“Sobre ‘Even Flow’, nós provavelmente gravamos essa faixa 25 ou 30 vezes, e parecíamos nunca acertar. Jeff saía correndo para fora porque ele ficava tão bravo com aquilo. E Stone tinha esses grandes gráficos… nós ríamos desses gráficos [risos], mas nunca fomos capazes de gravar do jeito certo. Acho que Stone ouviu algo ali que nós nunca conseguimos pegar. E eu me lembro que não era sobre a técnica, era mais sobre como sentíamos. Foi a única vez em que gravamos uma música tantas vezes.”

Sonoridade carregada de “Ten”

Outro detalhe curioso de “Ten” que os integrantes do Pearl Jam como um todo não curtem é sua sonoridade considerada “carregada”, com muitos efeitos. A revelação foi feita recentemente pelo engenheiro de áudio Dave Hills, que trabalhou nas gravações do disco, em entrevista ao podcast Cobras & Fire.

O assunto veio à tona após o entrevistador comentar que “Ten” foi relançado em 2009 com uma nova mixagem, feita pelo produtor Brendan O’Brien. O projeto, chamado “Ten Redux”, buscava deixar a sonoridade do disco mais “crua”, sem tantos efeitos como delay e reverb.

“Eu previa que isso (relançamento mais ‘enxuto’) poderia acontecer. Eu realmente adorei a mixagem de Tim Palmer. A forma como ele mixou foi o que fez o álbum se sair tão bem nas rádios naquela época.”

Por outro lado, Hillis reconheceu que o baixista Jeff Ament e o vocalista Eddie Vedder, em especial, não gostavam da sonoridade mais densa de “Ten”.

“Sei que Jeff não gostava desse som ‘carregado’, sei que Eddie também não curtia, Ed estava cada vez mais seguindo para o lado punk das coisas.”

Em função disso, o engenheiro de áudio não se surpreendeu com o relançamento de “Ten” em uma pegada mais “enxuta”.

“Eu meio que vi como eles haviam se arrependido e que eles viram a direção que tomariam para os próximos álbuns. Acho que, no fundo, eles sempre queriam ver como ‘Ten’ soaria daquele jeito, então não fiquei tão chocado. Aquele é um dos maiores álbuns da história.”

E o que Dave Hillis achou do trabalho de remixagem feito por Brendan O’Brien?

“Ouvi a versão dele não faz muito tempo, pois fiz uma palestra onde esse era o tema e começaram a tocar lá. Não falaram que era a versão dele, mas eu ouvi e vi que estava diferente. Brendan é incrível, então, não dá para criticá-lo, mas eu estou próximo demais do produto original, me acostumei com o antigo, então, não curti.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados
Total
0
Share