Foto: divulgação

Rock era ‘branco demais’ antes do nu metal, diz Mike Shinoda, do Linkin Park

O músico Mike Shinoda, do Linkin Park, destacou que, na visão dele, o rock como um todo era branco demais antes da chegada do nu metal. Ele comentou que, em especial, o hair metal – ou hard rock dos anos 1980 – era “muito branco” e não dialogava com sua realidade.

O vocalista e multi-instrumentista Mike Shinoda refletiu em entrevista à ‘Metal Hammer’ sobre a chegada do nu metal, estilo adotado por sua banda, o Linkin Park, em seus primeiros trabalhos. Shinoda destacou que, na visão dele, o rock como um todo era “branco demais” antes da chegada do subgênero, que teria oferecido maior diversidade de forma geral.

Inicialmente, o músico afirmou que o trabalho do Linkin Park em seu álbum de estreia, ‘Hybrid Theory’ (200), e de outras bandas na época ajudaram a quebrar paradigmas entre os fãs.

“Na época, se você perguntasse a alguém o que essa pessoa estava ouvindo, ela citaria rock, ou hip hop, ou jazz. Só depois de cinco anos, ela passou a responder que ouve de tudo. ‘Hybrid Theory’ fez parte desse trabalho. Foi parte da progressão para quebrar as fronteiras entre os estilos de música.”

O próprio Shinoda ouvia bem mais hip hop do que rock antes de começar a trabalhar com o Linkin Park. Para ele, o estilo era “branco demais” em sua abordagem, o que não o atraía muito.

“90% do que eu ouvia era rap. Olhava para muitas bandas de rock e pensava: ‘há algo branco demais aí’. Foi o que me afastou, especialmente, do hair metal, que era uma música bem de branco e eu morava em uma cidade bem diversa, então, aquilo não ressoou em mim. Não falo da cor da pele, falo da cultura envolvida. Quando o nu metal começou, a cena era bem diversa.”

Em seguida, o músico apontou que bandas como Korn, Deftones e até o criticado Limp Bizkit traziam uma sonoridade bem crua e diversa. Ele também citou nomes como Snot e Hed PE.

“Não era uma música tão inteligente, mas trazia algo realmente visceral e uma mistura de culturas que era importante.”

Stephen Pearcy responde Mike Shinoda

O vocalista Stephen Pearcy, do Ratt, uma das bandas mais famosas do hair metal, soube do comentário feito por Mike Shinoda à ‘Metal Hammer’ por meio da rede social Twitter. Utilizando a mesma plataforma, o cantor respondeu à fala de Shinoda.

“Risos, não sabia que o rock tinha uma raça. Que p*rra é essa, eu não sabia qual era a sensação passada pelo hair metal. Obrigado. Para mim, é tudo música.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
9
Share