Lançamentos

Playlist: boas músicas e 30 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (31/7)



Na playlist a seguir, apresento músicas lançadas nesta sexta-feira (31), bem como ao longo da semana, que chamaram minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Também faço, abaixo, algumas recomendações de álbuns divulgados nesta sexta (31), além de listar outros discos que chegam a público nesta data.

Lembrando, ainda, que a playlist de lançamentos é atualizada semanalmente. Sempre às sextas-feitas, também publico a lista de novos álbuns aqui no site.

Ouça a playlist:

>>> Ou clique aqui para acessá-la direto no Spotify.

Novas músicas de destaque desta playlist:

  • Faixas isoladas dos novos álbuns de Thundermother, Alcatrazz, Alanis Morissette, Steve Howe e NOFX + Frank Turner.
  • Novos singles de Corey Taylor, Marilyn Manson, The Cold Stares, Biffy Clyro, Mastodon, Rick Wakeman, Oceans of Slumber, entre outros, além das brasileiras Julico (The Baggios), Fenrir’s Scar e Komodo Queens, entre outros.

Depois, não deixe de conferir:

Álbuns de destaque

Thundermother – “Heat Wave”: Um glorioso renascimento. Essa é a palavra que melhor define o quarto álbum de estúdio do Thundermother, banda sueca que teve quatro baixas em sua formação, de uma vez só, em 2017. Todas as integrantes saíram da banda, com exceção da guitarrista e fundadora, Filippa Nässil, que convocou novas musicistas e seguiu adiante. Em “Heat Wave”, segundo com Guernica Mancini (vocal) e Emlee Johansson (bateria) e primeiro com Majsan Lindberg (baixo), a proposta musical segue a mesma: um som pesado, fortemente inspirado por bandas de hard rock da década de 1970 – especialmente AC/DC –, e outros nomes de muita atitude e pouco rótulo, como Motörhead e Joan Jett. Nenhuma reinvenção da roda, mas os bons ganchos melódicos e os riffs/grooves divertem e prendem a atenção. A novidade é que a nova configuração de quarteto parece ter deixado Filippa Nässil cada vez mais à vontade para compor e até ousar, como em momentos de mais groove que o esperado ou na balada “Sleep”, que, em outros tempos, emplacaria facilmente nas paradas da MTV.

Alcatrazz – “Born Innocent”: Ninguém pediu, mas o Alcatrazz voltou. A banda de hard n’ heavy formada pelo vocalista Graham Bonnet após sua saída do Rainbow ficou mais conhecida por revelar guitarristas como Yngwie Malmsteen e Steve Vai do que pelas músicas em si, já que seus três álbuns nunca emplacaram e a formação se dissolveu em 1987. Após algumas reuniões esporádicas, eles retornaram de vez em 2019 e lançam, agora, o primeiro disco em 34 anos. Confesso que não esperava muito, mas o material apresentado é razoável. Tem momentos interessantes, especialmente em seus dois terços iniciais, e chama atenção pelas participações de Steve Vai, retomando seu posto original em “Dirty Like The City”, e Bob Kulick, naquela que provavelmente foi sua última gravação antes de morrer, em “I Am The King”. Perde fôlego no final e repete uma série de clichês, mas para quem deseja o mais puro suco de música pesada dos anos 1980, esse trabalho não “desce” tão mal assim.

Em ordem alfabética, os álbuns de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 31 de julho:

  • Alain Johannes (rock alternativo) – “Hum”
  • Ali Maas & Micky Moody (hard rock) – “Who’s Directing Your Movie?”
  • Anneke Van Giersbergen e Kamerata Zuid (sinfônico) – ao vivo “Let The Light In”
  • Black Veil Brides (metalcore) – álbum de regravações “Re-Stitch These Wounds”
  • Conveyer (metalcore) – “Worn Out”
  • Damnation Angels (symphonic metal) – “Fiber Of Our Being”
  • Dee Snider (heavy metal) – ao vivo “For The Love of Metal Live!”
  • Disavowed (death metal) – “Revocation of the Fallen”
  • Fontaines D.C. (post-punk) – “A Hero’s Death
  • Geoff Tyson (instrumental) – “Drinks With Infinity”
  • High Spirits (heavy metal) – “Hard to Stop”
  • Imperial Triumphant (avant-garde metal) – “Alphaville”
  • IZZ (rock progressivo) – EP “Half Life”
  • Joe Bouchard (blues rock, ex-guitarrista do Blue Öyster Cult) – “Strange Legends”
  • Katalepsy (death/groove metal) – “Terra Mortuus Est”
  • King Gorm (rock psicodélico/progressivo) – “King Gorm”
  • Knockout Kid (pop punk) – “Hero Insomniac”
  • Land of Talk (indie rock) – “Indistinct Conversations”
  • Lionheart (hard rock) – “The Reality of Miracles”
  • Madeline Kenney (indie rock) – “Sucker’s Lunch”
  • Mike Polizze (folk rock) – “Long Lost Solace Find”
  • Mike Shinoda (Linkin Park) – “Dropped Frames, Vol. 2”
  • NOFX (punk rock) e Frank Turner (folk punk) – “West Coast vs. Wessex”
  • Riverview (rock alternativo) – EP “Conflate”
  • Septicflesh (death/doom metal) – ao vivo “Infernus Sinfonica MMXIX“
  • Steve Howe (rock progressivo) – “Love Is”
  • Summer Heights (pop rock) – EP “Beauty in Uncertainty”
  • The Psychedelic Furs (post-punk) – “Made of Rain”
  • Until We Get Caught (metalcore) – “Surface”
  • Upon a Burning Body (metalcore) – EP “Built From War”
  • Warkings (heavy metal) – “Revenge”
  • Wolf Culture (rock alternativo) – EP “Dying in the Living Room”

>>> Para saber todos os álbuns que serão lançados em 2020, acesse a lista clicando aqui. O material é atualizado frequentemente, então, salve em seus favoritos!

* Siga IgorMiranda.com.br no Instagram, Facebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *