Rock ainda é o estilo que mais vende discos, mas perde no streaming

A Nielsen, empresa que mensura dados da indústria fonográfica nos Estados Unidos por meio da SoundScan, divulgou um levantamento com diversos dados a respeito do consumo de música em 2019. Os dados fazem menção apenas ao público americano, mas podem ser refletidos em todo o mundo, já que este é o principal mercado do segmento e responsável por ditar tendências a outros países.

Ao contrário do que se pode acreditar, o rock segue forte em termos comerciais. O gênero é, de longe, o maior responsável por vendas de álbuns físicos e digitais, além de singles digitais, nos Estados Unidos. Porém, peca em alguns campos, como no streaming, e acaba ficando em segundo lugar como o estilo mais consumido no país – atrás do R&B/hip hop

- Advertisement -

O rock concentra 42,2% das vendas de álbuns físicos (CDs e LPs) dos Estados Unidos – o segundo lugar é o pop, com 11%. Já no campo da comercialização de álbuns e singles digitais, o rock reúne, respectivamente, 32,4% e 22,3% dos números totais. Nos dois tópicos, o R&B/hip hop fica logo atrás, com 15,9% (álbuns digitais) e 20,5% (singles digitais).

– Estudo científico comprova que Freddie Mercury tinha voz única

Talvez pelo perfil de público ou até mesmo por uma questão de idade, o rock perde força no streaming. No campo dos streams totais on-demand, concentra 14,7% do número total de reproduções, empatado com o pop no segundo lugar. Neste sentido, o R&B/hip hop lidera, com 30,7%. O mesmo conceito se repete quando os dados são desmembrados para streams on-demand de áudio e vídeo – neste último, o rock chega a ficar em terceiro lugar.

No volume total de vendas gerais, em todos os segmentos (agrupando o streaming, também, como música comercializada), o rock fica em segundo lugar, com 19,8%, superado pelo R&B/hip-hop, com 27,7%. O pódio é completo pelo pop, com 14%.

Leia também:  A banda e o disco que mudaram a vida de Slash, segundo o próprio

Demanda pelo velho rock

A força do rock em termos comerciais se expressa não só pelas vendas de música, como, também, pelas turnês que quase sempre estão entre as mais rentáveis. Temos verdadeiros “campeões de vendas” no segmento.

Por que, então, os fãs seguem com a sensação de que “o rock está morrendo”? O levantamento da Nielsen ajuda a explicar: nos rankings específicos do estilo, dá para perceber que os artistas e bandas mais tocados são antigos – e conseguem tais feitos com repertório, também, antigo.

O ranking das 10 músicas de “rock mainstream” mais tocadas pelas rádios em toda a década de 2010 é sintomático: todas elas são da década de 1990. O Nirvana ocupa a primeira posição com “Smells Like Teen Spirit”, a terceira com “Come As You Are”, a sétima com “In Bloom” e a décmia com “Lithium”. Alice in Chains (2°, com “Man in the Box”), Stone Temple Pilots (4°, com “Plush”), Offspring (6°, com “Self Esteem”), Metallica (8°, com “Enter Sandman”) e Soundgarden (9°, com “Black Hole Sun”) completam o top.

– 5 projetos que se tornariam reais se Kurt Cobain não tivesse morrido

No que é chamado de “rock alternativo”, o top 10 de músicas mais tocadas pelas rádios na década traz nomes mais atuais, como Cool War Kids (com “First”), Awolnation (com “Sail”) e Arctic Monkeys (com “Do I Wanna Know?”) nas três primeiras posições, respectivamente. Porém, nem todas as canções foram lançadas nos últimos anos – as três mencionadas são da primeira metade da década de 2010.

Leia também:  As músicas dos Beatles em “Sgt. Peppers” que John Lennon não gostava

O sentimento de que só a “velharia” rende no rock é reforçado nos dados que apresentam os artistas mais vendidos em 2019. A maior parte é composta por nomes do século passado. Os poucos representantes da atualidade, como Panic! at the Disco e Imagine Dragons, estão fortemente associados ao pop.

Veja, abaixo, alguns levantamentos específicos de 2019 no rock:

Os 5 artistas de rock mais vendidos nos EUA em 2019

1.. Queen – 2.717.000
2. Beatles – 2.262.000
3. Imagine Dragons – 1.557.000
4. Panic! At the Disco – 1.415.000
5. Twenty One Pilots – 1.085.000

Os 5 álbuns de rock mais vendidos nos EUA em 2019

1. Queen – “Bohemian Rhapsody Soundtrack” – 1.162.000
2. Elton John – “Diamonds” – 787.000
3. Queen – “Greatest Hits Vol 1” – 732.000
4. Panic! At the Disco – “Pray For the Wicked” 620.000
5. Beatles – “Abbey Road” – 611.000

As 5 músicas de rock mais vendidas/reproduzidas nos EUA em 2019

1. Panic! At The Disco – “High Hopes” – 2.380.000
2. Queen – “Bohemian Rhapsody” – 1.773.000
3. Imagine Dragons – “Believer” – 1.550.000
4. Imagine Dragons – “Natural” – 1.474.000
5. Imagine Dragons – “Thunder” – 1.403.000

As 5 músicas de rock mais tocadas nas rádios americanas em 2019

1. Panic! At the Disco – “High Hopes”
2. Panic! At the Disco – “Hey Look Ma, I Made It”
3. LovelyTheBand – “Broken”
4. Portugal. the Man – “Feel It Still”
5. Journey – “Don’t Stop Believin'”

O rock não morreu. Só está em crise de meia-idade.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesRock ainda é o estilo que mais vende discos, mas perde no...
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades