Destaque Notícias

Apocalyptica lança o novo álbum Cell-0, primeiro instrumental em 17 anos, ouça


O Apocalyptica voltou às suas raízes e decidiu lançar seu primeiro álbum instrumental em 17 anos. O trabalho, intitulado ‘Cell-0’, chega a público por meio da gravadora Silver Lining Music.

‘Cell-0’ adota o formato instrumental que havia sido parcialmente abandonado em ‘Reflections’ (2003) – até então, último álbum da banda a não contar com vocais em nenhuma faixa. Nos quatro trabalhos seguintes, o grupo trouxe cantores para trabalhar em suas composições.

O novo disco dá sequência a ‘Shadowmaker’, lançado em 2015. “É difícil se expressar sem letras, mas em ‘Cell-0’, encontramos partículas do nosso universo que eram anteriormente desconhecidas para nós. Milhões de notas são combinadas para criar música, assim como milhões de células são combinadas para criar vida. Quando você visualiza tudo, padrões semelhantes aparecem”, diz o grupo, em material de divulgação.

– Lançamentos: os álbuns de rock e metal de 2020

Para isso, o quarteto formado pelos violoncelistas Eicca Toppinen, Perttu Kivilaakso e Paavo Lötjönen e o baterista Mikko Sirén assumiu a produção. A mixagem é de Andrew Scheps (Red Hot Chili Peppers, Lana Del Rey, Metallica, Black Sabbath). As gravações aconteceram no estúdio Sonic Pump, em Helsinque, Finlândia, terra natal do grupo.

Ouça ‘Cell-0’ a seguir, via Spotify ou YouTube, em playlist:

Veja, abaixo, a capa e a tracklist:

1. Ashes of the Modern World
2. Cell-0
3. Rise
4. En Route to Mayhem
5. Call My Name
6. Fire & Ice
7. Scream for the Silent
8. Catharsis
9. Beyond the Stars


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *