Notícias

Steve Vai diz que tocar com Yngwie Malmsteen é o ‘auge de sua experiência de turnê’



Em entrevista à rádio Lazer 103.3 transcrita pelo Blabbermouth, o guitarrista Steve Vai falou sobre o seu novo projeto, a turnê “Generation Axe”, que já rodou por alguns lugares e teve um álbum ao vivo – “The Guitars That Destroyed The World (Live in Asia)” – lançado recentemente. Na tour conjunta, Vai se apresenta ao lado dos também guitarristas Yngwie Malmsteen, Zakk Wylde (Ozzy Osbourne, Black Label Society), Nuno Bettencourt (Extreme) e Tosin Abasi (Animals For Leaders).

“Uma das coisas que amo no meu trabalho […] é a diversão. Em sua imaginação, você pode fazer qualquer coisa dentro da razão. Quando idealizei essa turnê, eu pensei: ‘isso é legal’. Criei listas de gêneros de guitarristas específicos – meus preferidos de rock, metal, blues, fusion. Depois, pensei: ‘ok, com qual devo começar?’. Fui para o metal porque está mais próximo ao meu coração e chamei os primeiros caras, que eram Yngwie, Zakk, Nuno e Tosin. Todos toparam”, disse Steve Vai, inicialmente.

– Jake E. Lee diz que Yngwie Malmsteen é um ‘c*zão arrogante’

Em seguida, o músico fez elogios aos colegas do Generation Axe – especialmente a Yngwie Malmsteen, com quem também excursionou nos tempos de G3 e a quem substituiu na banda Alcatrazz, ainda na década de 1980. “Quando ouço o álbum ao vivo, ouço todas aquelas harmonias em clássicos do rock que me empolgam. Há algumas faixas vocais, Nuno e Zakk são ótimos cantores. Yngwie e eu tocamos juntos uma música dele, chamada ‘Black Star’. É um momento de auge no panteão da minha experiência de turnê. Estamos muito conectados e guitarristas amam ouvir essas coisas”, afirmou.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *