Notícias

Phil Collins propõe reunião do Genesis com filho dele na bateria



O baterista e vocalista Phil Collins disse, em entrevista à Rolling Stone, que o Genesis pode se reunir. No entanto, não seria Phil o responsável pelas baquetas, mas, sim, seu filho Nicholas.

“Não vou dizer que não existe a possibilidade. Eu, Mike (Rutherford) e Tony (Banks) ainda somos muito amigos. Não consigo imaginar como seria se eu não tocasse bateria, mas tudo é possível”, afirmou.

Phil Collins contou, durante o bate-papo, que seus antigos colegas de Genesis já elogiaram a performance de Nicholas. “Mike disse que ‘ele entende o que é necessário, e porque você faz isso e não aquilo nessa música’. Achei isso algo incrível de se dizer. […] Se fizermos alguma coisa, teria que ser com o ele na bateria, pois não acho que consigo, e acho que eles já tem uma opinião sobre o Nic forte o suficiente para aceitá-lo na banda”, disse.

Phil Collins já anunciou que se aposentaria da música no passado, contudo, ele retomou suas atividades em 2017 para uma turnê solo. No entanto, Phil não toca mais bateria, pois diz não ter mais capacidade física para assumir o instrumento – ele tem 67 anos de idade atualmente.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *