Notícias

Significado de ‘Fade To Black’, do Metallica, sempre muda para James Hetfield



O frontman do Metallica, James Hetfield, falou sobre duas baladas compostas pela banda no passado: “Fade To Black” e “The Unforgiven”. Para o vlog So What (transcrição via Ultimate Guitar), ele afirmou que tais músicas passam por metamorfoses constantemente em sua concepção.

“Músicas como ‘Fade To Black’ ou ‘The Unforgiven’ são músicas que passam por metamorfoses. Elas mudam constantemente para mim. Quando ‘Fade To Black’ foi feita, era real. Era como: ‘odeio a vida, nosso equipamento foi roubado, não podemos viver nosso sonho’. E, claro, quando Cliff (Burton) ou alguém importante nas nossas vidas morre, essa música aparece. Como Chris Cornell, Dio… a morte de alguém dá uma nova vida à música para mim”, afirmou.

Ainda sobre “Fade To Black”, James Hetfield disse que, uma vez, quando olhou para a plateia enquanto a tocava, uma pessoa estava em prantos. “Era uma menina jovem, com cabelos longos e escuros, estava em lágrimas. Eu estava preso ao suporte do violão, mas queria ir até lá e, sei lá, abraçá-la mentalmente. Sabe, piscar e dizer: ‘vai ficar tudo bem'”, revelou.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *