Notícias

Metallica tenta ser ‘o mais acessível possível’, diz Lars Ulrich



O baterista Lars Ulrich falou sobre a relação do Metallica com os fãs em entrevista ao programa de rádio The Men’s Room, da rádio KISW (transcrição por Bravewords). O músico disse que os integrantes sempre buscaram ser acessíveis aos seus admiradores.

“Desde muito cedo, é tomada uma decisão – consciente ou não – se você será inatingível ou terá uma política de portas abertas. No Metallica, sempre fomos como: ‘a porta está aberta, entre, todos são bem-vindos’. Tentamos ser acessíveis sempre, da forma que seja possível”, disse.

Ulrich aproveitou a situação para citar exemplos. “Seja em filmes, como ‘Some Kind Of Monster’, ou tendo ensaios abertos. Toda noite, antes de subir ao palco, vamos a uma sala e tocamos por 30 minutos. É como uma sala de afinação, e isso é transmitido. Você pode encontrar na internet nosso aquecimento. Então, sempre tivemos essa política de portas abertas”, afirmou.

– Leia também: 7 composições que mostram como James Hetfield é bom letrista


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *