A curiosa razão pela qual Noel Gallagher não fala mais com Dave Grohl

Líder do Foo Fighters tem sido um colaborador frequente de Liam, irmão e desafeto do músico e compositor

Nos últimos tempos, Dave Grohl e Liam Gallagher têm colaborado com suas carreiras. O líder do Foo Fighters participou do álbum “C’mon You Know”, lançado pelo cantor em 2022. A seguir, o ex-frontman do Oasis se juntou à banda americana no tributo ao baterista Taylor Hawkins, realizado no Estádio de Wembley, em Londres.

Sendo assim, não surpreende que Noel Gallagher não queira saber de interações com o proclamado “cara mais legal do rock”. Afinal de contas, ter uma relação próxima com o irmão e desafeto é basicamente se declarar inimigo do guitarrista e compositor – ao menos em sua própria visão.

- Advertisement -

Em entrevista ao tabloide britânico The Sun, repercutida pelo Louder, o músico contou ter ficado próximo de Grohl recentemente. Porém, não quis estabelecer contato.

“Cruzei com Dave durante o Glastonbury. Estava uns metros adiante de mim enquanto assistia ao LCD Soundsystem. Também ficamos no mesmo hotel. Mas não tenho nada a dizer a ele, tenho mais o que fazer. Ele é amigo do nosso garoto (Liam).”

Dave Grohl e Liam Gallagher

Dave Grohl aparece em “Everything’s Electric”, primeiro single disponibilizado por Liam para “C’mon You Know”. De acordo com o comunicado à imprensa enviado na época, a ideia da dupla foi criar um rock na linha de “Gimme Shelter”, dos Rolling Stones – a quem a parte final de guitarra presta tributo – e “Sabotage”, do Beastie Boys.

Leia também:  Os álbuns mais frustrantes do Whitesnake, segundo David Coverdale

O multi-instrumentista contou que o convite partiu do produtor Greg Kurstin, que trabalhou com Gallagher no disco.

“Kurstin me ligou e disse, ‘Ei, Liam está em busca de uma música rock’n’roll com uma batida estilo ‘Sabotage’ do Beastie Boys.’ E eu fiquei tipo, ‘Ok, eu posso fazer isso.’ Greg editou a bateria para torná-la poderosa e foi engraçado porque toda a experiência aconteceu via satélite. Liam estava no Reino Unido, nós dois em Los Angeles. E tudo se encaixou, foi um sucesso. Eu amo essa música, sem mencionar que é uma honra estar em uma música com Liam. Realmente é.”

“Everything’s Electric” chegou ao 18º lugar na parada de singles do Reino Unido, faturando disco de prata. Já “C’mon You Know” alcançou o topo do chart de álbuns, emplacando premiação de ouro.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasA curiosa razão pela qual Noel Gallagher não fala mais com Dave...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades