Em 1997, Scott Gorham encorajou volta de Adrian Smith para o Iron Maiden no vocal

À época, guitarrista do Thin Lizzy gravou com o Psycho Motel, projeto do colega de instrumento

No início de 1997, Adrian Smith estava prestes a se reunir com Bruce Dickinson, em uma ação que os conduziria de volta ao Iron Maiden dois anos mais tarde. Ao mesmo tempo, o guitarrista trabalhava no segundo álbum do Psycho Motel, sua banda após ter saído da Donzela de Ferro no início da década em questão.

“Welcome to the World” contou com a participação especial de uma referência. Scott Gorham, eterno guitarrista do Thin Lizzy, marcou presença na faixa “I’m Alive”. Na ocasião, o irlandês pôde testemunhar um talento pouco aproveitado pelo protagonista no grupo que o revelou.

- Advertisement -

Em recente entrevista ao Eonmusic, ele relembrou o momento e suas impressões.

“Sou um grande fã de Adrian Smith. À época, ele me mostrou as demos do álbum que iria gravar. Ouvi sua voz e disse: ‘Adrian, por que você não está cantando no Iron Maiden? Seja o cantor!’ Ele tem uma ótima voz, sabe? Esqueça ser um ótimo guitarrista – o que ele é. Esse cara sabe cantar!”

“Traz muita pressão ser o vocalista”

Sempre discreto, Smith confessou a Scott que não se sentiria confortável na função.

“Ele respondeu: ‘Não, traz muita pressão ser o vocalista, você sabe, ter que conversar com todo mundo todas as noites. Não, não, não, eu sou bom apenas em tocar guitarra’.”

Apesar de achar uma pena, Gorham confessa que entendeu. E usou o saudoso baixista e vocalista do Thin Lizzy como exemplo.

Leia também:  Banda cover de Slipknot anuncia novo visual de baterista: “Eloy Kitnet”

“Eu meio que compreendi por assistir Phil Lynott todas as noites, a maneira como ele conseguia intimidar o público, não importando quão grande fosse a arena… é uma verdadeira forma de arte poder fazer algo assim. Leva muito tempo para a maioria aprender como fazer isso, então entendi o que Adrian estava dizendo. Mas ainda acho que ele deveria cantar mais.”

Apesar de não fazer parte do grupo no período, o Psycho Motel chegou a abrir shows do Maiden durante a turnê de divulgação de “The X Factor” (1995), primeiro trabalho da banda com Blaze Bayley como frontman.

Adrian Smith cantando no Iron Maiden

Apesar de ter realizado backing vocals em um número considerável de músicas do Iron Maiden, Adrian Smith assumiu o microfone principal apenas em uma até hoje. “Reach Out” foi disponibilizada como lado B do single “Wasted Years”, promovendo o álbum “Somewhere in Time” (1986).

Mais recentemente, ele assumiu a função de cantar no projeto Smith/Kotzen, parceria com Richie Kotzen (The Winery Dogs, ex-Poison e Mr. Big) que lançou o primeiro disco em 2021 e já planeja o próximo.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesEm 1997, Scott Gorham encorajou volta de Adrian Smith para o Iron...
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades