Após shows no Brasil, baterista anuncia saída do Crazy Lixx

Joél Cirera era o único integrante presente ao lado do vocalista Danny Rexon desde o início da banda sueca, em 2002

O baterista Joél Cirera anunciou sua saída do Crazy Lixx. A notícia chega logo após a banda ter finalizado uma turnê que contou com três shows no Brasil, realizados em Curitiba, Belo Horizonte e São Paulo – o último durante o festival Glam Fest BR 2024, cuja resenha pode ser lida clicando aqui.

Junto com o vocalista Danny Rexon, era o único a estar em todas as atividades do grupo até aqui, tendo participado de sua fundação em 2002. Ele chegou a deixar o conjunto brevemente no ano de 2011, mas reconsiderou sua posição logo a seguir.

- Advertisement -

Diz a nota publicada nas redes sociais da banda:

“Caros! Tem sido uma viagem de montanha-russa desde o primeiro dia e ainda é mais de 20 anos depois. Os lugares que vi e as pessoas que conheci foram simplesmente incríveis e sinto um grande orgulho nisso!

Mesmo assim, é hora de dizer adeus! Não foi uma decisão fácil e dediquei muito tempo e consideração cuidadosa a isso. Meu último show será em Copenhague em maio, então estarei fora. Sei que os meninos encontrarão um substituto mais do que adequado e estarão mais fortes do que nunca!

Quero agradecer a todos que fizeram parte disso ao longo dos anos. Promotores, clubes, equipes, festivais… todos vocês! Quero agradecer aos meus amigos da banda, Chrisse, Jens, Danny e Jens, por tudo isso que compartilhamos ao longo dos anos. Foi ótimo! E por último quero agradecer a vocês, fãs, por terem ficado conosco durante todo esse tempo, tornando possível que esse baterista idiota fosse tão privilegiado e visse o mundo!

Obrigado!
Joel”

Sobre o Crazy Lixx

Fundado em Malmo, Suécia, o Crazy Lixx despontou como o grupo responsável por manter acesa a chama do glam/hair metal no século atual, gravando trabalhos que caíram no gosto tanto dos saudosistas quanto das novas gerações, colocando a banda em uma posição de destaque na cena europeia.

Leia também:  Linda McCartney morreu há 26 anos; veja outros fatos da música em 17 de abril

Sua discografia de estúdio inclui os álbuns “Loud Minority” (2007), “New Religion” (2010), “Riot Avenue” (2012), “Crazy Lixx” (2014), “Ruff Justice” (2017), “Forever Wild” (2019) e “Street Lethal” (2021). O ao vivo “Sound of the Live Minority” (2018) completa o catálogo.

Além de Danny Rexon, a formação atual conta com o baixista Jens Anderson (presente desde 2012) e os guitarristas Chrisse Olson e Jens Lundgren, ambos efetivados em 2016.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasApós shows no Brasil, baterista anuncia saída do Crazy Lixx
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades