Por que o Metallica é a Microsoft do metal, segundo David Ellefson

Desde que foi demitido por Dave Mustaine pela segunda vez, baixista não perde uma chance de elogiar os desafetos do antigo patrão

Após sua segunda demissão do Megadeth, o baixista David Ellefson não tem perdido uma oportunidade de elogiar o Metallica em entrevistas e nas redes sociais. A atitude pode ser verdadeira, mas não deixa de ser vista como uma maneira de dar uma cutucada no antigo patrão, Dave Mustaine, que foi mandado embora da banda em 1983 e até hoje não superou o episódio.

Recentemente, o músico foi comemorar seu aniversário em um show dos líderes do Big Four, tendo até mesmo posado para fotos ao lado do baterista Lars Ulrich, por quem seu ex-colega nutre as maiores mágoas. Em entrevista ao “Plus One: A Rock N Roll Podcast”, transcrita pelo Blabbermouth, ele declarou:

- Advertisement -

“Somos amigos. Claro, crescemos juntos. Minha carreira é um ramo da árvore genealógica do Metallica. E eu adoro quando eles dizem ‘a família Metallica’. Quando você está no show, realmente se sente parte da família. São gentis, graciosos e pessoas muito legais.”

Ellefson aproveitou para elogiar toda a estrutura da banda, que vem realizando a turnê “M72”, com dois shows por cidade e executando setlists totalmente diferentes de uma noite para a outra.

“Toda a organização por trás da banda é uma operação enorme e bem lubrificada. É como a Microsoft do metal. E tem funcionado muito bem. Quando as luzes se apagam e o show começa, tudo isso vai embora e você fica apenas assistindo o que são, para muitos, quatro super-heróis. Para mim, são quatro amigos incríveis arrasando, tocando ótimas músicas, a maioria das quais sou fã.”

A maioria? Ou seja, não todas? David responde:

Leia também:  A sinfonia de transformações do Queen em “The Works”

“Até o ‘Black Album’, com certeza todas. Gosto de ‘Load’ e ‘Reload’, eles têm boas músicas, algumas ótimas. Depois disso eu estava ocupado fazendo minhas próprias coisas e todos nós seguimos em direções diferentes lá. Mas eu acho que ‘Hardwired’ é ótimo.”

Metallica e “72 Seasons”

Quanto ao mais recente, “72 Seasons”, o artista elogia toda a campanha de marketing realizada.

“Eu amo todo o visual temático do disco, a ênfase na cor amarela. Você vê um outdoor na Inglaterra que eles colocaram em suas redes sociais. É apenas amarelo com uma pequena cauda do ‘M’ do logotipo. Só com isso você já sabe do que se trata. É como ver o logotipo da Apple – você nota e nada mais precisa ser dito. Eu simplesmente admiro isso, porque assim como o Kiss fez por nós, o Metallica arrebentou todas as grandes portas e preparou os trilhos para nossos trens prosseguirem.”

David Ellefson e Metallica

Em outubro, David Ellefson já havia citado que a saída da antiga banda o proporcionou poder voltar a homenagear os amigos.

“Agora que não estou mais no Megadeth, posso voltar a usar minhas camisetas do Metallica. Sou fã. Quero dizer, fale sobre padrões ouro. Eles são únicos para o metal, fizeram o impossível. Quando você pensa no ramo de turnês, há Taylor Swift, há o Metallica, talvez Beyoncé, Guns N’ Roses… E graças a Deus eles estão no topo.”

Em julho deste ano, David exaltou os colegas de Big Four ao Riff Crew. E aproveitou para dar uma cutucada.

Leia também:  A opinião de Brian May sobre David Gilmour e Ritchie Blackmore

“Gostaria que Dave pudesse ser mais grato e ver o lado positivo de seu tempo com o Metallica. Apesar de como acabou, a associação a eles foi algo que nos trouxe boas vantagens no início da carreira. De minha parte, sempre fui fã.”

Poucos dias antes, também havia dito ao Scars and Guitars:

“Nunca compactuei com a mágoa que Dave sente do Metallica. Sou fã e amigo de todos na banda, eles fizeram muito por nós. Serei sempre grato e os aplaudirei.”

Atualmente, David Ellefson toca no Kings of Thrash, com o guitarrista Jeff Young. Os dois também estão realizando um projeto que contará com um vocalista brasileiro. Por hora, não há maiores detalhes. O baixista também tem o Dieth, The Lucid e o Ellefson/Soto, com o vocalista multibandas Jeff Scott Soto.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesPor que o Metallica é a Microsoft do metal, segundo David Ellefson
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades