A origem da confiança de Noel Gallagher, segundo o próprio

Guitarrista e princpal compositor do Oasis garante que nunca quis sucesso alternativo, mas, sim, fazer de sua banda a maior do planeta

Confiança nunca foi algo em falta para Noel Gallagher. O guitarrista e principal compositor do Oasis ficou conhecido nos anos 90 tanto por sua habilidade como compositor quanto por suas declarações bombásticas sobre a qualidade de sua própria banda

Em recente entrevista à Mojo, o guitarrista abriu o jogo sobre a origem dessa crença em si mesmo. Sobre os primórdios da banda, especificamente o período anterior sequer ao primeiro single “Supersonic” (1994), ele refletiu:

“A gente sempre teve uma crença inabalável no Oasis. No início de 1994 a gente ainda não tinha ‘Supersonic’, mas todo o resto estava composto. Todo mundo que escutou as demos do que viria a ser ‘Definitely Maybe’ estava pirando, então queríamos aproveitar o momento. Estávamos falando muito entre nós por alguns anos e quando chegou a hora, estávamos prontos. Todo minuto que passava acordado, sabia que iria acontecer.”

- Advertisement -

O rock inglês estava passando por um período de renovação quando o Oasis estourou, com bandas como Blur, Pulp e Suede estabelecendo as pedras fundamentais do que veio a ser o britpop. Contudo, o Gallagher mais velho via isso do anonimato e não via competição:

“Naquele tempo, eu escutava Blur, Pulp ou Suede no rádio e pensava: ‘f#dam-se esses idiotas’. Olhando para trás, era uma época incrível para música independente, ou seja lá como você queira chamar. Mas a gente estava pronto pra tomar conta de tudo. Estávamos prontos para varrer o chão com todo mundo. Eu achava que o Blur, Pulp, Stone Roses, The La’s, seja lá que fosse, eram ótimas pessoas e tinham uma ou duas músicas ótimas, mas a gente tinha doze. Seja lá o quão barulhentos fossem, a gente era mais. O quão rápido eles tocavam, a gente era mais rápido. O quão bons eles fossem, a gente iria superar. Eram todas grandes bandas, mas nós éramos melhores. Simples assim.”

A confiança de Noel Gallagher

Parte dessa confiança, segundo Noel Gallagher, vinha de ele sempre ter a mira em algo bem maior que sucesso na cena alternativa.

“Minhas ambições sempre foram bem maiores que simplesmente lotar o Brixton Academy. Toda banda que eu conhecia tinha essa ambição, talvez até fazer duas noites. Eu não ligo pro Brixton Academy ou John Peel. Nós queríamos a coroa do U2. Era ali que eu apontava o caminho. Eu não me importo com o Felt ou o Ned’s Atomic Dustbin. Estou mirando em coisas maiores que isso. Uma vez que você compõe ‘Rock And Roll Star’, ‘Live Forever’, ‘Supersonic’, ‘Slide Away’, é tipo: ‘p#rra, todo mundo sai da frente agora’… A confiança veio do fato que a gente tinha essas canções e podíamos tocá-las muito bem.”

Leia também:  A resposta de Rickey Medlocke a quem critica Lynyrd Skynyrd atual

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA origem da confiança de Noel Gallagher, segundo o próprio
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades