A resposta de Spike Lee a quem diz que “Faça a Coisa Certa” incita violência

Famoso filme do diretor foi acusado de incitar população preta a se rebelar, algo que o cineasta nunca recebeu bem

“Faça a Coisa Certa” é um dos filmes mais conhecidos de Spike Lee, mas o diretor sempre teve de conviver com críticas de que o longa incita violência – no caso, incitaria uma revolta da população preta. O cineasta deu sua resposta para quem pensa isso a respeito da obra.

Recentemente, Spike Lee participou do Toronto Film Festival e recebeu o Ebert Director Award, que ganhou esse nome em homenagem ao famoso crítico de cinema Roger Ebert (via NME).

- Advertisement -

Ao receber o prêmio das mãos de Chaz Ebert, viúva do jornalista, o cineasta se lembrou do apoio que recebeu do amigo justamente na época em que “Faça a Coisa Certa” recebeu estas críticas.

“(Roger Ebert) me apoiou quando aqueles filhos da p*** na imprensa estavam dizendo que ‘Faça a Coisa Certa’ ia incitar as pessoas negras a se rebelar, que não poderia ser exibido nos Estados Unidos e que as pessoas negras assistiriam ao filme e iriam pras ruas.”

Em seguida, Lee lembrou que nada disso aconteceu assim que o filme estreou nos cinemas.

“O filme estreou. Não houve qualquer rebelião.”

Para terminar, Spike Lee fez questão de agradecer Rober Ebert mais uma vez.

“Obrigado, Roger, por que ele me apoiou e, vários anos depois, estamos do lado certo da história.”

Crítico se defende

Durante o momento em que recebeu o prêmio, Spike Lee também deu nome aos bois e citou dois jornalistas que tiveram essa percepção do filme: Joe Klein e David Denby. No caso do segundo, o diretor deu a entender que guardou mágoa do crítico por algum tempo por, segundo Lee, ter dito o seguinte a respeito de “Faça a Coisa Certa”:

“Reze para Deus que (o filme) não estreie no seu bairro.”

Após tomar ciência do discurso de Lee, Denby enviou um e-mail à Entertainment Weekly para se defender. Primeiro, afirmou que sua avaliação na época do lançamento do filme apenas “foi contra algo do final” e que o considera o longa “generoso e vivo”.

Leia também:  Quando The Doors foi acusado de plágio pelo The Kinks e pagou por “inspiração”

Denby prosseguiu e negou ter dito que “Faça a Coisa Certa” incitaria uma rebelião da população preta.

“Eu não disse que o filme iria iniciar rebeliões. Não sei do que o Spike está falando.”

Por fim, Denby ainda aproveitou a ocasião para dar uma “cutucada” no diretor.

“O que eu lamento não é sobre a crítica, mas sim o fato de Spike não ter feito algo tão poderoso desde então.”

Sobre “Faça a Coisa Certa”

Lançado em 1989, “Faça a Coisa Certa” se passa no famoso bairro do Brooklyn, em Nova York, e tem como enredo uma tensão racial entre os moradores afro-americanos e os ítalos-americanos que são donos de uma pizzaria do local.

Leia também:  Como o TikTok mostra que o cinema não está morrendo, segundo Martin Scorsese

O longa foi dirigido, escrito e produzido pelo próprio Spike Lee, que também atuou na pele do personagem Mookie. Danny Aiello, Ossie Davis, Ruby Dee, Giancarlo Esposito, Bill Nunn, John Turturro e Samuel L. Jackson completam o elenco.

“Faça a Coisa Certa” recebeu diversas críticas positivas – apesar de algumas avaliações menos favoráveis e que continham estas alegações -, o que o fez ser eleito entre os melhores filmes de 1989 e receber duas indicações ao Oscar. O filme tem 91% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioCuriosidadesA resposta de Spike Lee a quem diz que “Faça a Coisa...
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades