As 50 piores decisões da história da TV, segundo a Rolling Stone

Para a lista, revista optou por focar em decisões de executivos que não deram certo ou trouxeram algum prejuízo para suas emissoras

Após divulgar uma lista com as 50 piores decisões na história da música, o site da revista Rolling Stone, agora, também fez o mesmo para enumerar as 50 piores decisões tomadas na história da TV, em texto igualmente assinado pelo jornalista Andy Greene.

Para a nova lista, o veículo preferiu focar em decisões tomadas por executivos e diretores que não funcionaram ou trouxeram algum tipo de prejuízo para suas emissoras. Ainda assim, a publicação também não deixou de incluir, por exemplo, episódios de shows que pisaram na bola independente do motivo e artistas e apresentadores que se deram mal por algum erro que cometeram.

- Advertisement -

A seguir, vamos trazer detalhes de cinco dessas decisões e no final, confira a lista completa com as 50 piores decisões da história da TV pela Rolling Stone.

“The Office” continua sem Steve Carell (13º lugar)

A Rolling Stone afirmou que diversos shows conseguiram continuar mesmo após a perda de um membro importante do elenco, como foi o caso de “Two and a Half Man”. No entanto, o mesmo não aconteceu com “The Office”, quer perdeu Steve Carell – o intérprete do eterno protagonista Michael Scott – no final da sétima temporada.

Segundo a revista:

“Após Steve Carrell sair perto do final da sétima temporada, o show tentou continuar ao promover o personagem de Ed Helms e trazer James Spader como novo dono da Dunder Mifflin. Isso levou a duas terríveis temporadas sem risos no show e que muitos fãs simplesmente pulam sempre que decidem assisti-lo novamente.”

HBO, TNT, Showtime e FX recusaram “Breaking Bad” (8º lugar)

Sabemos que “Breaking Bad” se tornou um dos seriados mais populares de todos os tempos. Mas antes da fama, o show foi recusado por quatro emissoras diferentes nos Estados Unidos antes de ser exibida pelo canal AMC: HBO, TNT, Showtime e FX.

Vince Gilligan, criador da série, disse que a TNT recusou “Breaking Bad” por conta de sua temática, a HBO por simplesmente não ter se interessado e o Showtime por já exibir “Weeds” – que possui um enredo muito parecido.

A FX quase fechou com o produtor, mas desistiu de última hora após notar que o canal já exibia muitos outros shows estrelados por anti-heróis. No entanto, o presidente John Landgraf, confessou que se arrepende da decisão.

“Se eu soubesse que o Vince Gilligan se tornaria um dos melhores showrunners da TV e que ‘Breaking Bad’ se tornaria, literalmente, um dos melhores shows da televisão, eu teria o contratado, apesar do conceito.”

Fox abre mão de “Família Soprano” (3º lugar)

A Rolling Stone lembrou que antes de ser exibida pela HBO, a série “Família Soprano” – também citada como uma das melhores já produzidas na história – chegou nas mãos do canal Fox, que leu o roteiro do episódio piloto, mas não acreditou no potencial do show e abriu mão dele.

Leia também:  Quarta temporada de “The Boys” ganha data de estreia

No ano de estreia do show (1999), a Fox optou por bancar três atrações que não tiveram vida longa e foram canceladas com poucos episódios. Uma decisão pra lá de equivocada.

NBC transforma Donald Trump em um titã da televisão (2º lugar)

Antes de 2004, Donald Trump já era bilionário – após herdar a fortuna do pai -, mas seus negócios não iam lá muito bem por conta de alguns problemas. Mas foi no ano em questão que o canal americano NBC decidiu lançar o famoso show “O Aprendiz” e escolheu o empresário para ser o apresentador.

O programa foi, durante anos, o mais popular da NBC e transformou Trump em um dos nomes mais poderosos da televisão – além de deixá-lo famoso por todo o país. Nem é preciso dizer que “O Aprendiz” também contribuiu para o bilionário se tornar presidente dos Estados Unidos anos depois.

Seu período na presidência americana, como sabemos, foi marcado por polêmicas e ele não conseguiu se reeleger. Se não bastasse isso, não aceitou a derrota, incitou seus apoiadores a invadirem o congresso americano no dia em que o resultado da eleição seria formalizado pela casa e enfrenta diversos problemas na Justiça.

NBC cancela “Freaks and Geeks” (1º lugar)

Outra série de TV também citada entre as melhores da história é “Freaks and Geeks”, também produzida pelo canal NBC nos EUA. Se não bastasse o fato de ter se tornado muito popular, ainda contava com um elenco que, anos depois, se tornou estrelado e tinha nomes como James Franco, Seth Rogen, Jason Segel e Linda Cardellini.

No entanto, de forma inexplicável, a NBC simplesmente decidiu cancelar o show antes de concluir sua primeira temporada – mesmo ciente de que seus poucos episódios já tinham uma audiência média de 6 milhões de pessoas. Ou seja: uma produção de potencial enorme foi descartada como se não fosse nada.

Com o passar dos anos, “Freaks and Geeks” ganhou ainda mais fãs e poderia facilmente ter tido várias temporadas.

*A seguir, confira todas as 50 piores decisões da história da TV para a Rolling Stone. Os comentários podem ser lidos em inglês no site.

As 50 piores decisões da história da TV segundo a Rolling Stone

  • 50. “Jeopardy!” permite que Mike Richards se autodenomine apresentador
  • 49. “America’s Next Top Model” pede para os participantes trocarem sua etnia
  • 48. Os Homens das Cavernas da Geico ganham sua própria sitcom
  • 47. Disney Plus recusa deixar a Lizzie McGuire crescer
  • 46. “Saturday Night Live” demite Adam Sandler e Chris Farley
  • 45. HBO tenta fazer um “Sex and the City” para homens
  • 44. Duas palavras: “Cop Rock”
  • 43. O horror terrível que “The Swan” é faz com que as mulheres odeiem elas mesmas
  • 42. Fox News tenta fazer seu próprio show diário
  • 41. Geraldo Rivera leva os espectadores ao interior do cofre de Al Capone
  • 40. “Ren & Stimpy Adult Party Cartoon” é autorizado a acontecer
  • 39. MTV desiste e se torna o canal do ridículo
  • 38. “Family Matters” desaparece com Judy Winslow
  • 37. “Star Trek” e “Gilligan’s Island” são cancelados após apenas três temporadas
  • 36. ABC ofereceu “Quem Quer Ser Um Milionário” demais
  • 35. “Mad About You” ganha um reboot no Spectrum
  • 34. O HBO Max descarta o “HBO”
  • 33. Fox News e a CNN criam plataformas de streaming
  • 32. Dan Rather falha ao não verificar supostos documentos de George W. Bush
  • 31. “Quantum Leap” ganha reboot sem Scott Bakula
  • 30. O Oscar escolhe James Franco para ser coapresentador
  • 29. “Laverne e Shirley” descarta Shirley
  • 28. “Os Simpsons ” revela que o diretor Skinner é um impostor
  • 27. Joey Tribbiani ganha seu próprio show
  • 26. NBC tira Megyn Kelly da Fox
  • 25. “Glee” traz uma nova turma de Glee
  • 24. ESPN decide que Rush Limbaugh seria um bom comentarista de futebol americano
  • 23. CNN muda Don Lemon para as manhãs
  • 22. “Arrested Development” quebra seu formato com um temporada convoluta na Netflix
  • 21. “The State” deixa a MTV e vai para a CBS
  • 20. UPN dá sinal verde para “The Secret Diary of Desmond Pfeiffer”
  • 19. “Seinfeld” mata Susan de forma cruel
  • 18. “Lost” estraga seu final
  • 17. “The Brady Bunch Variety Hour” se torna um monstro
  • 16. Os Ropers deixaram “Three’s Company” para um um spin-off malfadado
  • 15. “Star Trek: The Next Generation” demite Gates McFadden antes da segunda temporada
  • 14. “Westworld” confunde todo mundo
  • 13. “The Office” continua sem Steve Carrell
  • 12. NBC cancela “Baywatch” após uma temporada
  • 11. Quibi queima US$ 1,75 bilhão em oito meses
  • 10. David Caruso deixa “NYPD Blue” após uma temporada
  • 9. As redes de TV dão a Flórida para George W. Bush na eleição de 2000
  • 8. HBO, TNT, Showtime e FX recusaram “Breaking Bad”
  • 7. Fox dá a Chevy Chase um Talk Show
  • 6. NBC faz uma grande besteira com situação Leno/Conan
  • 5. Roseanne Barr acaba com sua carreira com um tweet racista
  • 4. Norm McDonald é demitido do Saturday Night Live por piadas – hilárias – de O.J. Simpson
  • 3. Fox abre mão de “Família Soprano”
  • 2. NBC transforma Donald Trump em um titã da televisão
  • 1. NBC cancela “Freaks and Geeks”
Leia também:  Por que “Chaves” sumiu da TV — e quando deve voltar

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Threads | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioListasAs 50 piores decisões da história da TV, segundo a Rolling Stone
Augusto Ikeda
Augusto Ikedahttp://www.igormiranda.com.br
Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Atua no mercado desde 2013 e já realizou trabalhos como assessor de imprensa, redator, repórter web e analista de marketing. É fã de esportes, tecnologia, música e cultura pop, mas sempre aberto a adquirir qualquer tipo de conhecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Curiosidades