“Peaky Blinders” emprestam seu protagonista ao The Smile no clipe de “Pana-Vision”

Vídeo do projeto paralelo do Radiohead é estrelado por Cillian Murphy no papel de Tommy Shelby; canção havia estreado na última temporada da série

Quem achou ter visto Tommy Shelby pela última vez no episódio final da série “Peaky Blinders”, comemore. O personagem faz uma nova aparição no clipe novo de “Pana-Vision”, do The Smile, projeto paralelo de integrantes do Radiohead

A canção, parte de “A Light for Attracting Attention”, disco de estreia do projeto que saiu em maio, havia feito sua estreia durante o final da sexta temporada do seriado. Dessa forma, a parceria para um videoclipe se provou uma questão de tempo.

O clipe mostra o protagonista da série, interpretado por Cillian Murphy, contemplando uma escolha difícil no meio de um campo aberto. Os temas de família e devoção são fortes elementos visuais da produção, reforçados pela letra da música. A direção ficou a cargo de Anthony Byrne, um dos produtores da série e diretor das últimas duas temporadas.

Em vez de uma sétima leva de episódios, “Peaky Blinders” terá um filme que continua os eventos mostrados nos capítulos derradeiros. Quanto ao The Smile, eles estão em turnê pela América do Norte e estreando canções novas quase toda semana.

Talvez essa não seja a última vez que banda e série cruzem caminhos. Assista ao videoclipe de “Pana-Vision” a seguir.

Sobre o The Smile

O The Smile é formado por Thom Yorke e Jonny Greenwood (respectivamente vocalista e guitarrista do Radiohead) junto de Tom Skinner (baterista do Sons of Kemet). “A Light for Attracting Attention”, o já mencionado álbum de estreia, tem produção de Nigel Godrich (parceiro de longa data do grupo de Yorke e Greenwood) e conta com participação de cordas da London Contemporary Orchestra, além de metais assumidos por jazzistas do Reino Unido.

Sobre o disco, Greenwood declarou em nota:

“Sou grato por termos conseguido, com a ajuda de Nigel, gravar essas músicas da maneira que elas merecem. Os singles lançados inicialmente foram apreciados, o que me faz sentir perigosamente confiante no resto do álbum.

Estamos orgulhosos e empolgados para que todos tenham a coisa toda – mas tem sido um processo demorado. Só posso me desculpar por nossa hesitação. A paciência é uma virtude, mas também a sobriedade e a humildade – e elas também não estão acontecendo.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
1
Share