Como “The Umbrella Academy” abordou a transição de Elliot Page na 3ª temporada

Mudança foi mostrada na série de uma forma bastante bonita e natural – como deveria ser sempre também na vida real

Os novos episódios de “The Umbrella Academy”, que estrearam recentemente na Netflix, trouxeram um momento pelo qual os fãs estavam curiosos. Entre o lançamento da segunda e da terceira temporada, o ator Elliot Page passou por um processo de transição de gênero e todos queriam saber como ficaria a sua personagem, Vanya Hargreeves, após a mudança.

Atenção! Há pequenos spoilers da 3ª temporada de “The Umbrella Academy” a seguir.

Mil teorias surgiram a respeito de como o seriado abordaria a transição, mas para a surpresa geral, isso foi feito de maneira muito natural. A temporada começa com os heróis em uma nova realidade, no passado, e Elliot começa de onde parou, vivendo Vanya, com direito a uma peruca que simulava seu visual antes da transição.

Mas no segundo episódio, ao pesquisar sobre Sissy Cooper – com quem teve um envolvimento -, Vanya tem um insight e resolve se aceitar. A personagem então fazendo um corte de cabelo masculino e passa a se chamar de Viktor Hargreeves.

Os primeiros a conhecer a nova identidade são seus irmãos. Embora Diego chegue a confundir os nomes no início, o processo é todo muito natural.

Todas as pessoas que conheceram Vanya entendem Viktor e o assunto é tratado com tranquilidade, como se nada tivesse mudado – e, de fato, não mudou. O personagem chega a reproduzir sutilmente palavras do próprio Elliot Page quando fez a transição, dizendo que não gostava do que via no espelho e que agora pode ser ele próprio.

Sobre “The Umbrella Academy”

“The Umbrella Academy” é inspirada nas HQs coescritas por Gerard Way, vocalista do My Chemical Romance, e o brasileiro Gabriel Bá. Steve Blackman é o responsável pela adaptação para o formato em vídeo, com Jeremy Slater desenvolvendo o roteiro.

A trama gira em torno de uma família disfuncional de super-heróis irmãos adotivos que se reúnem para resolver o mistério da morte de seu pai e a ameaça de um apocalipse iminente.

Lançada em 2019, a série teve mais de 45 milhões de streamings apenas no mês de estreia. Foi a terceira mais assistida na plataforma no ano em questão. O índice se manteve em 43 milhões no começo da segunda temporada.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
5
Share