Voivod mantém formação por dois discos após mais de uma década e lança “Synchro Anarchy”

Banda acredita ter injetado mais elementos thrash em sonoridade de seu 15º trabalho de estúdio

“The Wake”, 14º trabalho de estúdio do Voivod, foi um dos grandes sucessos dos quarenta anos de existência da banda. Além de ter entrado no top 100 de cinco paradas europeias, deu ao grupo o Juno Award – o Grammy canadense – na categoria melhor álbum de heavy metal/hard rock. Quatro anos mais tarde e com uma pandemia pelo caminho, o grupo retorna com “Synchro Anarchy”, que chega pela Century Media Records.

De cara, um fato relevante: é a primeira vez que a formação se repete por dois discos seguidos desde a sequência “Katorz” (2006) / “Infini” (2009), que contaram com o falecido guitarrista Dennis “Piggy” D’Amour e o baixista Jason “Jasonic” Newsted, ex-Metallica.

Substituto de Piggy, o guitarrista Daniel “Chewy” Mongrain falou ao The Metal Voice (com transcrição do Blabbermouth) sobre a sonoridade do trabalho.

“Sinto que injetamos um pouco mais de elementos thrash. Ficou um som mais sujo, assim por dizer. Acredito que seja um disco menos polido, mais rock and roll, de um modo geral.”

Assim como no trabalho anterior, a produção ficou novamente a cargo de Francis Perron. Outra característica inalterada é o fato de o baterista Michel “Away” Langevin responder pela arte de capa, com seu traço bastante particular. Ele ocupa a função desde o disco de estreia, “War and Pain“ (1984).

Ouça “Synchro Anarchy” a seguir, via Spotify, ou clique aqui para conferir em outras plataformas digitais.

O álbum está na playlist de lançamentos do site, atualizada semanalmente com as melhores novidades do rock e metal. Siga e dê o play!

Voivod – “Synchro Anarchy”

  1. Paranormalium
  2. Synchro Anarchy
  3. Planet Eaters
  4. Mind Clock
  5. Sleeves Off
  6. Holographic Thinking
  7. The World Today
  8. Quest For Nothing
  9. Memory Failure
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
11
Share