Foto: Alex Asprey

Gary Brooker, vocalista do Procol Harum, morre aos 76 anos

Músico lutava contra um câncer; “sem nenhuma parafernália de palco ou outros truques, ele era invariavelmente o músico mais notado do show”, diz nota divulgada pela banda

O vocalista e pianista Gary Brooker morreu aos 76 anos, vítima de um câncer. A informação foi confirmada em nota oficial pelo Procol Harum, em nome da família.

O comunicado diz:

“Desde seus primeiros duetos no palco com o pai músico, Gary exibiu e desenvolveu um talento altamente individual. ‘A Whiter Shade of Pale’ é amplamente considerada a música definitiva do ‘The Summer of Love’, mas dificilmente poderia ter sido mais diferente dos registros característicos daquela época. Nem era característica de sua própria escrita.

Ao longo de treze álbuns, o Procol Harum nunca procurou recriá-la, preferindo forjar um caminho incansavelmente progressivo, empenhado em olhar para o futuro e fazer de cada disco um entretenimento único. A voz e o piano de Gary foram a única constante definidora dos cinquenta anos de carreira internacional do grupo. Sem nenhuma parafernália de palco ou outros truques, ele era invariavelmente o músico mais notado do show.”

Gary Brooker e Procol Harum

Gary despontou na cena musical em 1962, ao fundar o The Paramounts com o guitarrista Robin Trower. A banda construiu grande reputação na cena inglesa.

Quatro anos mais tarde criou o Procol Harum, em parceria com o letrista Keith Reid. O grupo se tornou conhecido mundialmente graças à música “A Whiter Shade of Pale”, um dos poucos singles a vender mais de 10 milhões de cópias na história, ganhando inúmeras regravações.

Ao mesmo tempo em que iniciou a carreira solo, no final dos anos 1970, passou a integrar a banda de Eric Clapton. Gravou o álbum “Another Ticket” com o músico. Saiu em 1981, mas a amizade permaneceu.

Companheiro de geração dos Beatles e Rolling Stones, gravou e excursionou com George Harrison, Ringo Starr e Bill Wyman em diferentes momentos.

Em 2003 foi condecorado pela Ordem do Império Britânico, em reconhecimento ao seu trabalho filantrópico. Gary deixa a esposa Franky, com quem era casado desde 1968. Eles não tiveram filhos.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados
Total
44
Share