Lançamentos

Playlist: boas músicas e 45 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (4/9)



Na playlist a seguir, apresento músicas lançadas nesta sexta-feira (4), bem como ao longo da semana, que chamaram minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Também faço, abaixo, algumas recomendações de álbuns divulgados nesta sexta (4), além de listar outros discos que chegam a público nesta data.

Lembrando, ainda, que a playlist de lançamentos é atualizada semanalmente. Sempre às sextas-feitas, também publico a lista de novos álbuns aqui no site.

Ouça a playlist:

>>> Ou clique aqui para acessá-la direto no Spotify.

Novas músicas de destaque desta playlist:

  • Faixas isoladas dos novos álbuns de Hell in the Club, Landfall, The Hawkins, Oceans of Slumber, Stryper, Dead Lord, entre outros.
  • Novos singles de Corey Taylor, The Struts (com Robbie Williams), Orianthi, Gone is Gone, Killer Be Killed, Bring Me The Horizon, além das brasileiras Fenrir’s Scar, Lucca Diniz, Cefa e Otus, entre outros.

Depois, não deixe de conferir:

Álbuns de destaque

Landfall – “The Turning Point”

Depois de nomes como Semblant e Electric Mob, foi a vez do Landfall representar o Brasil na gravadora italiana Frontiers Music Srl, uma das maiores de música pesada no mundo. O grupo curitibano reúne músicos das bandas Auras e Wild Child – Gui Oliver (vocal), Marcelo Gelbcke (guitarra), Thiago Forbeci (baixo) e Felipe Souzza (bateria) – e lança, agora, seu primeiro álbum, “The Turning Point”, que traz um hard rock melódico de extrema competência.

A influência de Steve Perry nos vocais de Oliver é inegável, assim como a pegada de nomes como Extreme, Mr. Big e White Lion no habilidoso trio instrumental, que chama atenção pelas virtuosas guitarras de Gelbcke e pela bateria criativa de Souzza, que soa bem menos óbvia do que a de vários outros grupos do gênero.

Ainda que não tenha uma proposta tão inovadora, “The Turning Point” é um álbum acima da média dentro do nicho do hard melódico. A competência dos envolvidos engrandece o grudento repertório apresentado e cria expectativa pelo futuro do quarteto, que deverá ser brilhante se seguir o padrão deste debut.

Hell in the Club – “Hell of Fame”

Reunindo membros de bandas “nada a ver”, como Elvenking e Secret Sphere, o Hell in the Club é um dos projetos paralelos mais divertidos que você vai encontrar por aí. Diferente do power ou folk metal dos grupos de origem dos integrantes, aqui, a proposta é oferecer um hard n’ heavy envolvente, com um pé nos clássicos dos anos 80, mas de roupagem atualizada.

“Hell of Fame” é o quinto da discografia e soa um pouco mais direto que o antecessor, “See You on the Dark Side” (2017), que experimentou mais em seus formatos. É como se a fórmula do grandioso “Shadow of the Monster” (2016) voltasse em grande estilo.

Como reflexo, a aproximação com alguns formatos mais heavy do que hard se tornou natural. Por outro lado, os refrães “fáceis” (no bom sentido) e a guitarra na linha de frente seguem presentes.

O único ponto contrário é que o repertório parece perder fôlego nas músicas finais, deixando de acompanhar o padrão de qualidade da primeira metade do álbum. Apesar disso, “Hell of Fame” ainda é um bom trabalho de um grupo que certamente teria mais destaque se não fosse um projeto paralelo e da Itália, país sem tanta tradição no meio da música pesada.

Em ordem alfabética, os álbuns de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 4 de setembro:

  • ‘68 (punk rock) – “Love Is Ain’t Dead”
  • All Them Witches (stoner rock) – “Nothing As The Ideal”
  • Annie Taylor (grunge/alternativo) – “Sweet Mortality”
  • Black Magnet (metal industrial) – “Hallucination Scene”
  • Bulb (djent) – “Archives: Volume 3”
  • Clans (rock alternativo) – “Wherefore Art Thou Bromeo?”
  • Cold Years (rock alternativo) – “Paradise”
  • Cult of Lilith (progressive/death metal) – “Mara”
  • Dead Lord (hard rock) – “Surrender”
  • Deafkids & Petbrick (experimental, com Iggor Cavalera) – “Deafbrick”
  • Desolator (death metal) – “Sermon of Apathy”
  • Eave (post-black metal) – “Phantoms Made Permanent”
  • Elm Tree Circle (pop punk) – “No Fomo”
  • En Minor (depressioncore) – “When The Cold Truth Has Worn Its Miserable Welcome Out”
  • Gold, Frankincense & Myrrh (metalcore) – EP “Operation Take Over”
  • Gungfly (metal progressivo) – “Alone Together”
  • Hell in the Club (hard rock) – “Hell of Fame”
  • Infestatio (banda brasileira de thrash metal) – “Unleash The End”
  • JunkBunny (hard rock) – EP “Down the Rabbit Hole”
  • Landfall (banda brasileira de hard rock) – “The Turning Point”
  • Lee Abraham (rock progressivo) – “Harmony/Synchronicity”
  • Memocrasher (heavy metal) – “Humanity & Revenant”
  • Oceans of Slumber (metal progressivo) – “Oceans of Slumber”
  • Oxalate (death metal) – EP “Infatuating Sickness”
  • Perfect Plan (hard rock) – “Time For A Miracle”
  • Rikard Sjöblom’s Gungfly (rock progressivo) – “Alone Together”
  • Rising Steel (heavy metal) – “Fight Them All”
  • Rot (hardcore) – “…As One”
  • Serpent Omega (doom/sludge metal) – “II”
  • Simon Collins (pop/rock) – “Becoming Human”
  • Snark (pop punk) – EP “Impostor”
  • Sons of Texas (southern metal) – EP “As The Crow Flies”
  • Stryper (heavy metal) – “Even the Devil Believes”
  • The Glorious Dead (death metal) – “Into Lifeless Shrines”
  • The Hawkins (hard rock) – “Silence is a Bomb”
  • The Pineapple Thief (rock progressivo) – “Versions Of The Truth”
  • The Weeks (indie rock) – “Twisted Rivers”
  • Throwing Muses (rock alternativo) – “Sun Racket”
  • Turning Virtue (rock progressivo) – “Beautiful”
  • Vane (melodic death metal) – EP “The Nightmare”
  • Zakk Sabbath (cover de Black Sabbath, com Zakk Wylde) – “Vertigo”

>>> Bônus – registros ao vivo, coletâneas e mais

  • B-52’s (new wave) – DVD “Live at US Festival”
  • Code Orange (metalcore) – acústico “Under The Skin”
  • Fleetwood Mac (rock) – box set “1969-1974”
  • Fleetwood Mac (rock) – box set “1973-1974”
  • John 5 (instrumental) – ao vivo “Live Invasion”
  • Rolling Stones (rock) – relançamento “Goats Head Soup
  • Vários artistas – tributo a Marc Bolan (T. Rex) “AngelHeaded Hipster”

>>> Para saber todos os álbuns que serão lançados em 2020, acesse a lista clicando aqui. O material é atualizado frequentemente, então, salve em seus favoritos!

* Siga IgorMiranda.com.br no Instagram, Facebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *