Notícias

Richie Kotzen comenta comparação com Chris Cornell e diz se cantaria no Soundgarden



O vocalista e guitarrista Richie Kotzen revelou, em entrevista ao podcast “Another FN Podcast” transcrita pelo Blabbermouth, que seria um tolo se recusasse uma oportunidade de cantar no Soundgarden. Ao longo de sua carreira, Kotzen teve seu timbre de voz bastante comparado com o de Chris Cornell, líder da banda falecido em maio de 2017.

Ao ser perguntado se toparia participar de uma hipotética turnê de reunião do Soundgarden caso recebesse uma oferta com os “números corretos”, Richie Kotzen respondeu: “Não tem a ver com números. Seria uma honra para qualquer um ter essa oportunidade”.

Em seguida, ele comentou que não se deve tentar substituir um grande artista, mas que ficaria honrado e seria um tolo se recusasse. Ainda durante o bate-papo, o músico disse que entende como elogio as comparações com Chris Cornell.

“Chris foi um dos maiores vocalistas de nossa geração, então, é um elogio. As comparações são naturais, as pessoas associam o que é familiar. Mas é coincidência. Estou um pouco velho demais e faço isso há bastante tempo para dizer que tenha influenciado diretamente. Provavelmente, tivemos influências semelhantes. Ele foi um artista fantástico”, afirmou.

Kotzen apontou que Terence Trent D’Arby é a sua maior influência nos vocais. “É de onde vem o som. Muitos fãs de rock não vão pegar essa influência, porque não ouvem esse tipo de som. Quem pesquisa, vai saber que ouvia Terence, David Coverdale, Glenn Hughes, Ronnie James Dio e Paul Rodgers. É uma coincidência a comparação com Cornell, mas é um elogio muito legal”, disse.

– Ouça: Richie Kotzen lança 50 For 50, álbum com 50 músicas para celebrar 50° aniversário

As comparações entre Richie Kotzen e Chris Cornell chegaram a outro patamar quando Kotzen cantou “Cochise”, clássico do Audiosalve, ao lado de Tom Morello, guitarrista da banda, em um evento em janeiro de 2017. Ele voltou a performar a música futuramente.

Relembre:


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *