Lançamentos

Playlist: boas músicas e 40 álbuns de rock e metal lançados nesta sexta (24/1)



Na playlist a seguir, apresento músicas lançadas nesta sexta-feira (24), bem como ao longo da semana, que chamaram minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Também faço, abaixo, algumas recomendações de álbuns divulgados nesta sexta (24), além de listar outros discos que chegam a público nesta data.

Lembrando, ainda, que a playlist de lançamentos é atualizada semanalmente. Sempre às sextas-feitas, também publico a lista de novos álbuns aqui no site.

Ouça a playlist:

>>> Ou clique aqui para acessá-la direto no Spotify.

Novas músicas de destaque desta playlist:

  • Faixas isoladas dos novos álbuns de Dirty Shirley e Revolution Saints (comentados abaixo), além de Marko Hietala, Breaking Benjamin, Decarlo, Kirk Windstein, Annihilator, Acid Mammoth e mais (listados ao fim).
  • Novos singles de Pearl Jam, Hayley Williams (Paramore), Lucifer, Harem Scarem, The Jacks, The Heavy Eyes, Cage The Elephant com Iggy Pop e mais, além dos brasileiros Dark Valley, Flavio Venturini e Supla.

Depois, não deixe de conferir:
– Todos os álbuns de rock e metal que serão lançados em 2020
– Os 10 melhores álbuns de rock e metal em 2019
– Os 60 melhores álbuns de rock e metal da década de 2010
– 25 boas bandas de rock e metal da década de 2010

Álbuns de destaque

Dirty Shirley – “Dirty Shirley”: O projeto que une George Lynch (ex-Dokken) e o vocalista Dino Jelusick (Animal Drive) tem ótimo conceito. Dois músicos de ponta, que ainda chamaram o ótimo baterista Will Hunt (Evanescence), resolveram trabalhar juntos em uma banda paralela de pegada mais versátil. Não é só hard rock: há influências do blues, classic rock, alternativo e até R&B. A ideia é excelente. Só faltou que as músicas fossem realmente boas. Com exceção de algumas faixas, o material é apenas razoável – não ruim, só razoável. Passa no teste, contudo, sem cativar ou provocar a vontade de voltar a ouvir. O motivo? Ao que tudo indica, a composição foi feita de modo fragmentado, na “correria”. Uma pena. Espero que o Dirty Shirley trabalhe em um segundo álbum e se dedique mais à parte criativa.

Clique aqui para conferir a resenha de “Dirty Shirley”, do Dirty Shirley.

Revolution Saints– “Rise”: O supertrio que une o vocalista/baterista Deen Castronovo (Journey, Bad English), o guitarrista Doug Aldrich (The Dead Daisies, Whitesnake, Dio) e o baixista Jack Blades (Night Ranger, Damn Yankees) acertou novamente. O terceiro álbum do projeto volta a explorar bem o AOR de nicho, com suas composições bem melódicas e performances cuidadosas – especialmente de Castronovo nos vocais, ainda que eu pense que seria legal vê-lo dividir o microfone com Blades. Desta vez, algumas músicas também exploram um lado mais pesado que não se via nos álbuns anteriores, o que serve como diferencial. Ainda é um material destinado a um público bem específico, mas se você está dentro dessa parcela que gosta de hard rock bem melódico, vale a pena conferir.

Em ordem alfabética, outros álbuns de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 24 de janeiro (disponíveis em plataformas de streaming):

  • Acid Mammoth (doom metal) – “Under Acid Hoof”
  • Amok (alternative metal) – “Livstid”
  • Andy Shauf (indie pop/rock) – “The Neon Skyline”
  • Annihilator (thrash metal) – “Ballistic, Sadistic”
  • Atena (deathcore) – “Drowning Regret & Lungs Filled with Water”
  • Battering Ram (heavy metal) – “Battering Ram”
  • Black Lips (garage/indie rock) – “Sing In A World That’s Falling Apart”
  • Blasphemer (death metal) – “The Sixth Hour”
  • Breaking Benjamin (hard rock/alternative metal) – álbum de regravações “Aurora”
  • Crimson Sun (melodic metal) – “Fates”
  • Dead End Finland (melodic death metal) – “Inter Vivos”
  • Dead Friends (garage/hard rock) – “High Wasted Genes”
  • DeCarlo (hard rock) – “Lightning Strikes Twice”
  • Defiled (death metal) – “Infinite Regress”
  • Dirty Shirley (banda de hard rock com George Lynch, ex-Dokken) – “Dirty Shirley”
  • Final Story (metalcore) – “Savaged Soul”
  • Higher Power (hardcore) – “27 Miles Underwater”
  • Jorn (hard rock) – álbum de covers “Heavy Rock Radio II – Executing The Classics”
  • Julien-K (industrial rock) – “Harmonic Disruptor”
  • Kirk Windstein (guitarrista do Crowbar e Down) – “Dream in Motion”
  • Konvent (death/doom metal) – “Puritan Masochism”
  • Marko Hietala (baixista do Nightwish e Tarot) – “Pyre of the Black Heart”
  • Märvel (garage/hard rock) – EP “Märvelous”
  • Midnight (black/speed metal) – “Rebirth By Blasphemy”
  • Midnight Skies (pop punk) – EP “Disconnect”
  • Mono Inc (gothic/symphonic metal) – “The Book of Fire”
  • Mortiis (rock industrial) – “Spirit Of Rebellion”
  • Nektar (rock progressivo) – “The Other Side”
  • Nero Di Marte (post-metal) – “Immoto”
  • Novelists (metalcore) – “C’est La Vie”
  • Passion (hard rock) – “Passion”
  • Pyogenesis (gothic/alternative metal) – “A Silent Soul Screams Loud”
  • Revolution Saints (hard rock, com Jack Blades, Deen Castronovo e Doug Aldrich) – “Rise”
  • Ripe & Ruin (rock alternativo) – “Everything for Nothing”
  • Shadow Breaker (hard rock) – “Shadow Breaker”
  • Sickera (heavy metal) – “Angel of Apocalypse”
  • Silverstage (hard rock) – “Heart’n Balls”
  • Storm Force (hard rock) – “Age of Fear”
  • Surgical Strike (thrash metal) – “Part Of A Sick World”
  • Terry Allen & The Panhandle Mystery Band (country rock) – “Just Like Moby Dick”
  • Twin Atlantic (rock alternativo) – “Power”
  • Wolfpakk (heavy metal) – “Nature Strikes Back”
>>> Bônus – registros ao vivo, coletâneas e mais (nem sempre disponíveis nas plataformas de streaming)

  • Blue Öyster Cult (rock) – ao vivo “Hard Rock Live Cleveland 2014”
  • Michael Thompson Band (hard rock) – ao vivo “High Times – Live In Italy”
  • Elton John & Ray Cooper (pop/rock) – ao vivo “Live From Moscow ’79”

Para saber todos os álbuns que serão lançados em 2020, acesse a lista clicando aqui. O material é atualizado frequentemente, então, salve em seus favoritos!

    Igor Miranda
    Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *