Notícias

Ginger Baker, icônico baterista do Cream, morre aos 80 anos



O baterista Ginger Baker, conhecido especialmente por seu trabalho do Cream, morreu aos 80 anos de idade. A informação foi confirmada pela família do músico por meio das redes sociais.

“Estamos muito tristes em informar que Ginger faleceu em paz nesta manhã. Muito obrigado a todos que enviaram mensagens de carinho nas últimas semanas”, afirmou a postagem, sem revelar a causa do falecimento.

No último dia 25 de setembro, havia sido revelado que Ginger Baker estava “gravemente doente”. Ele foi internado em um hospital e o motivo também não havia sido divulgado.

Baker enfrentou alguns problemas de saúde nos últimos anos. Em 2016, ele passou por uma cirurgia cardíaca aberta, o que ocasionou em cancelamento de algumas datas de turnê. Enquanto se recuperava, sofreu uma queda que o deixou com as pernas inchadas.

Anos antes, em 2013, o baterista foi diagnosticado com uma doença pulmonar crônica. Ele também lida com dores nas costas devido à osteoartrite degenerativa.

Ginger Baker é um dos bateristas mais importantes do rock. Com forte influência do jazz e da música africana, Baker se destacou, em especial, com o Cream. A banda, que também contava com o baixista Jack Bruce e o guitarrista Eric Clapton, existiu entre 1966 e 1968, com reuniões em 1993 e 2005.

Ele também integrou o Blind Faith, supergrupo com Clapton, Steve Winwood e Ric Grech que gravou apenas um disco, autointitulado, em 1968. O músico mantém uma carreira solo prolífica, com o último álbum, “Why?”, tendo sido lançado em 2014, e tem participações em diversos projetos.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *