Notícias Resenhas

Banda gaúcha de hard rock, Rebel Machine lança novo álbum; ouça



A banda de hard rock Rebel Machine, de Porto Alegre, lançou o seu segundo álbum nesta sexta-feira (24). O disco, intitulado “Whatever It Takes”, chega a público por meio do selo sueco Big Balls Productions, inicialmente em streaming e, em breve, com versão em CD.

Formado por Marcelo Pereira no vocal e na guitarra, Murilo Bittencourt na guitarra, Marcel Bittencourt no baixo e Chantós Mariani na bateria, o Rebel Machine conta com a produção de Mats Lindström e trabalho visual de Henry Lichtmann em “Whatever It Takes”.

Ouça o álbum no player a seguir, via Spotify:

Evolução

O Rebel Machine já havia chamado a atenção com seu primeiro álbum, “Nothing Happens Overnight” (2016). O hard rock mais direto apresentado pelo quarteto em seu disco de estreia soava poderoso, graças, especialmente, à evidente influência do The Hellacopters.

“Whatever It Takes” representa um passo adiante com relação a “Nothing Happens Overnight”. A produção é mais caprichada e o grupo parece estar mais disposto a soar original, deixando as influências aparecerem de forma mais discreta.

Não dá para negar que ainda há certo problema em se desvencilhar, por completo, da “pegada Hellacopters” que apareceu no álbum de estreia. No entanto, a identidade do quarteto gaúcho começa a aparecer um pouco mais por aqui, até por conta de composições mais versáteis, como “Dead Men Walking”, “What You Feel” e “Dancing Alone”. O processo de busca por originalidade pode ser mais complexo e demorado do que se parece, mas espero que a banda continue trabalhando nesse sentido e, claro, divulgue mais discos no futuro.

A opção por gravar em inglês segue certeira. Costumo ser um pouco crítico com as bandas brasileiras que trabalham em outro idioma, já que as letras e a interpretação costumam ficar abaixo da média. Porém, o Rebel Machine manda bem até nesse ponto, muitas vezes negligenciado por outros grupos.

Deixando de lado as exigências artísticas mais rigorosas, “Whatever It Takes” é mais um bom trabalho do Rebel Machine, que parece ter um futuro promissor pela frente. O som é divertido, gera interesse de forma quase instantânea e dá até aquele ligeiro orgulho por saber que se trata de uma banda do Brasil.

Veja, abaixo, a capa e a tracklist de “Whatever It Takes”:

1. Underdogs
2. Square One
3. In My Heart
4. Dancing Alone
5. Full Throttle
6. What You Feel
7. Fall Into Temptation
8. Dead Men Walking
9. Castle of Cards
10. California
11. Noyb
12. Fences


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *