Notícias

Michael Schenker nega ter chamado K.K. Downing para o Scorpions



Em entrevista a Mitch Lafon transcrita pelo Ultimate Guitar, o guitarrista Michael Schenker negou que tenha chamado K.K. Downing, ex-Judas Priest, para entrar no Scorpions. Downing havia revelado o suposto convite em entrevista ao podcast Full In Bloom, contando que foi convocado para substituir Uli Jon Roth no fim da década de 1970.

“Não entendi essa parte. O que aconteceu foi o seguinte: ajudei o UFO em sua turnê porque o guitarrista não apareceu, fazendo dois sets – um com o Scorpions e outro com o UFO – em duas datas. Foi quando o UFO me chamou para entrar na banda. Daí, falei para Uli que eu iria para a Índia meditar e que ele poderia entrar para o Scorpions. Entrei para o UFO e não me lembro de nada dele (Downing) no Scorpions”, afirmou Schenker.

A declaração de Michael Schenker chama a atenção por fazer menção a um período de tempo diferente. O músico contou a história da entrada de Uli Jon Roth no Scorpions, em 1973, mas K.K. Downing cita que foi chamado para substituir Roth, cinco anos depois.

Durante o bate-papo, Schenker ainda contou sobre a primeira vez que viu Downing com o Judas Priest. “Fui com minha namorada ao show deles. Nós não acreditávamos em como K.K. Downing era igual a mim. Ele usava a guitarra Flying V, cabelo loiro… pensei que era eu quem estava no palco”, afirmou.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *