Curiosidades Destaque Notícias

Chris Poland revela porque não voltou para o Megadeth em 1990


O guitarrista Chris Poland falou, em entrevista à Eonmusic, sobre o convite que recebeu em 1990 para retornar ao Megadeth. Ele ficou na banda de 1984 a 1987, mas deixou a formação em meio a problemas com drogas e conflitos com o frontman Dave Mustaine.

Substitutído por Jeff Young, Chris Poland foi chamado para reassumir a vaga após Young deixar a banda. Porém, ele recusou o convite e a vaga acabou com Marty Friedman, que estreou no álbum “Rust In Peace” (1990). Curiosamente, porém, as demos do álbum foram gravadas por Poland antes de decidir ficar de fora do grupo.

“A reunião quase aconteceu. Minha empresária, Janie Hoffman, disse que me queriam de voltar à banda. Então, ela falou: ‘se você voltar, você via morrer'”, revelou Poland, que, na época, estava se recuperando após anos de vício em heroína. Na época, o músico também recebeu uma oferta para gravar um álbum solo.

– A ‘quase entrada’ de Dimebag Darrell para o Megadeth

O guitarrista destacou que, sim, pensou muito em aceitar a proposta do Megadeth, mas concordou com a posição da empresária. “Ela me perguntou por que eu voltaria para a banda logo após ter ficado sóbrio, sendo que os outros membros poderiam não estar sóbrios”, contou.

Atualmente, Chris Poland não mantém contato com seus ex-colegas de Megadeth – apesar de ter gravado o álbum “The System Has Failed” (2004), mas revelou que ficaria feliz em subir ao palco com a banda caso aconteça alguma homenagem no Rock And Roll Hall Of Fame. “Não tenho problemas com ninguém. Todos seguiram suas vidas”, afirmou.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *