Notícias

Travis Barker compara novo álbum do Blink-182 ao autointitulado de 2003



O baterista Travis Barker falou, em entrevista à Billboard, sobre o próximo álbum de estúdio do Blink-182. O sucessor de “California” (2016) será o segundo disco da banda com o vocalista e guitarrista Matt Skiba, do Alkaline Trio.

“Estou realmente empolgado, porque estamos com 70% do novo álbum finalizado. Sinto que é o mais próximo que chegamos do álbum autointitulado (2003) desde então – aquele é um dos meus discos preferidos do Blink, de longe”, afirmou o baterista, em menção ao álbum que contém músicas como “Feeling This”, “Always”, “Down” e “I Miss You”.

Barker destacou que “California” era mais parecido com “Enema Of The State” (1999) e “Take Off Your Pants And Jacket” (2001). “Restabeleceu a banda, deu aos fãs o que eles queriam e esperavam do BLink. Agora que estamos fora do nosso sistema naturalmente, não estamos compondo agora como daquela outra vez. É mais experimental. Não é um disco para você conferir e pensar que já ouviu uma passagem antes e comparar com outra música. Estamos estabelecendo novas músicas, novos ritmos, novas ideias”, afirmou.

O músico disse, ainda, que uma das faixas do novo álbum, que tem o título provisório de “Paris”, começou de uma batida que ele fez para o rapper Juice WRLD. O baixista e vocalista Mark Hoppus gostou da levada e a transformou em uma música do Blink-182.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *