Notícias

Guitarrista pede desculpas por Meshuggah ter inventado o djent



O guitarrista Mårten Hagström pediu desculpas por sua banda, o Meshuggah, ter inventado o djent, uma das várias ramificações do metal. A declaração foi feita em entrevista ao Rauta (transcrição via Metal Injection).

“Em primeiro lugar, pedimos desculpas por termos criado esse estilo. Não era a nossa intenção. Foi mal. Acho que a coisa do djent é um equívoco. Acho meio hilário”, afirmou o músico.

Em tom de brincadeira, Hagström especulou sobre a origem da expressão “djent”. “Nosso guitarrista, Fredrik (Thordendal), bêbado e conversando com um de nossos fãs antigos, tentando explicar o tipo de tom de guitarra que sempre tentávamos conseguir. Ele estava tentando dizer: ‘queríamos esse dj_, dj_’. E o cara deve ter pensado: ‘não sei o que ele está falando, deve ser uma palavra sueca, será que é djent?’ É daí que vem. Um mal-entendido alcoolizado, como sempre com o Meshuggah”, disse.

Por fim, o guitarrista foi desafiado a definir o som do Meshuggah. “Música pesada, experimental. Não ligo se é progressivo: é pesado. No entanto, tentar definir coisas, você entra na coisa do math-metal, djent… as outras pessoas é que devem decidir. Tocamos música agressiva, experimental e é isso”, afirmou.

* Siga IgorMiranda.com.br no InstagramFacebook e Twitter.


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *