Notícias

Pearl Jam faz campanha contra porte de armas após tragédia nos EUA



O Pearl Jam demonstrou um posicionamento bastante firme sobre o porte de armas nos Estados Unidos dias após a tragédia em uma escola em Parkland, na Flórida. Um jovem entrou no colégio e matou 17 pessoas com um fuzil na última semana.

Por meio de suas redes sociais, o Pearl Jam lançou a campanha #ThrowThemOut (“Joguem-as fora”, em tradução livre, mencionando as armas). A banda mostrou que o acesso às armas é facilitado, criticou os políticos que são a favor de leis desse tipo e apresentou como se posicionar diante do assunto.

“Estamos cansados dos ‘líderes’ que se recusam a lidar com o senso comum das leis contra armas. É hora de jogá-las fora”, diz a banda, em um tweet. “Merecemos viver em um país onde crianças estão livres da violência das armas em suas escolas, em seus lares e em sua comunidade. #EndGunViolence”, afirma, em outro.

As publicações apresentam ações para “chutar os legisladores ligados ao lobby das armas”. São elas:

– Comprometer-se a votar em questões relacionadas ao porte de armas;
– Seguir o dinheiro da NRA, organização pró-armas, até os políticos e decidir que quem recebe, não ganhará votos;
– Registrar-se para votar (o voto não é obrigatório por lá);
– Responsabilizar os candidatos por suas atitudes;
– Candidatar-se a cargos políticos.

A banda também divulgou uma publicação do site EveryTown.org, que aponta 7 ações para prevenir a violência com as armas.

We’re done with “leaders” who refuse to lead on commonsense gun safety laws. It’s time to #ThrowThemOut. Join us: https://t.co/7F3ub3Du0Z pic.twitter.com/Dy0BDSbVdb

— Pearl Jam (@PearlJam) 16 de fevereiro de 2018

We deserve to live in a country where children live free from gun violence in their schools, in their homes, and in their communities. #EndGunViolence

For more information on the movement to end gun violence, visit https://t.co/slMhf5sMGR.

— Pearl Jam (@PearlJam) 16 de fevereiro de 2018


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *