Notícias

Linkin Park estava em plena atividade e retomaria turnê no dia 27



A morte de Chester Bennington interrompe – talvez, em definitivo – as atividades do Linkin Park. A banda havia lançado seu sétimo disco de estúdio, “One More Light”, em 19 de maio deste ano.

Dias antes, em 13 de maio, o grupo se apresentou no Brasil, no Maximus Festival, realizado em São Paulo (SP). Na ocasião, também tocaram na Argentina, no Peru e no Chile.

Depois da breve passagem pela América do Sul, o Linkin Park fez 17 shows na Europa, entre 9 de junho e 6 de julho. Foi nessa tour, inclusive, que Chester Bennington se irritou com a reação de alguns fãs com relação a “Heavy”, single de “One More Light”.

– Veja: Chester se irrita com reação de fãs a “Heavy” em show do Linkin Park

O falecimento do cantor ocorreu em meio a uma pequena pausa na turnê. No próximo dia 27 de julho, o Linkin Park voltaria à estrada para uma turnê de 29 datas pela América do Norte, que duraria até outubro. Havia, ainda, três datas marcadas em Chiba, no Japão, para os dias 2, 4 e 5 de novembro.

Os demais integrantes do Linkin Park devem se pronunciar, futuramente, para dizer se a banda continua ou não. Contudo, o grupo deve, mesmo, encerrar suas atividades após o trágico ocorrido.

Leia também:
– Encontrado morto, Chester Bennington já foi abusado e lidou com vícios em sua vida
– “One More Light” é o ponto mais baixo da carreira do Linkin Park
– Chester Bennington revela por que saiu do Stone Temple Pilots


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *