Guilherme Gonçalves

Guilherme Gonçalves
41 POSTS1 COMENTÁRIOS
Guilherme Gonçalves é jornalista formado pela Universidade Federal de Goiás (UFG). É repórter do Globo Esporte e atua no jornalismo esportivo desde 2008. Colecionador de discos e melômano, também escreve sobre música e já colaborou para veículos como Collectors Room e Rock Brigade. Atualmente revisa livros da editora Estética Torta e é editor do Morbus Zine, dedicado ao death metal e grindcore.

Menos previsível, Black Pumas tenta furar bolha neo soul em “Chronicles of a Diamond”

Novo álbum talvez não tenha tantos hits instantâneos como na estreia, mas brilha justamente por evitar cair na armadilha de se repetir

Político e autobiográfico, Roger Waters encanta Brasília na abertura da turnê

Novo espetáculo “This is Not a Drill” opera entre discurso combativo e sensibilidade do ex-Pink Floyd ao falar de família, carreira e Syd Barrett — de David Gilmour, jamais

Vinny Appice desfila clássicos de Black Sabbath e Dio em Goiânia

Com bom público, show no Bolshoi Pub abriu a nova turnê do baterista no Brasil, que terá mais quatro datas

Em Brasília, I Am Morbid comprova força do legado do Morbid Angel

Com setlist repleto de clássicos e Pete Sandoval implacável na bateria, banda dissidente faz jus à "matriz" em noite de celebração ao death metal

Entrevista: David Vincent diz que I Am Morbid é melhor que o Morbid Angel atual e alfineta Trey Azagthoth

De volta ao Brasil celebrando 30 anos de "Covenant", ele diz não ter mais contato com o guitarrista: "algumas pessoas priorizam o álcool à música"

Torture Squad abre o leque de influências e soa diversificado em “Devilish”

Banda se distancia do death/thrash tradicional e busca inovar; faixas como “Warrior” e “Find My Way” podem surpreender fãs para o bem ou para o mal

Edu Falaschi mescla facetas do power metal em show quase intimista em Goiânia

Sem abrir mão da intensidade do estilo, cantor se ampara em baladas e clássicos do Angra diante de um Bolshoi Pub longe de estar cheio, mas aconchegante

Nervosa supera entra e sai de integrantes e mantém boa forma em “Jailbreak”

Sob as rédeas de Prika Amaral, agora também vocalista, banda soa vigorosa no quinto álbum de estúdio, primeiro a contar com duas guitarristas

Como Bobby Gillespie descobriu o acid house e criou “Screamadelica”, obra-prima do Primal Scream

Músico escocês detalha no livro "Garoto do Cortiço" o ponto de virada da banda e o surgimento de um dos discos mais revolucionários dos anos 1990

Mesmo econômico, Baroness soa inquieto e desafiador como sempre em “Stone”

Sexto álbum abandona excessos e a nomenclatura das cores, mas mantém a tonalidade da ousadia, principal marca da banda