Josh Klinghoffer é processado por atropelamento e morte de pedestre

Guitarrista ex-Red Hot Chili Peppers é acusado de homicídio culposo por família de Israel Sanchez, atingido após tentar atravessar rua em cidade na Califórnia

O guitarrista Josh Klinghoffer foi processado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Notório por ter integrado o Red Hot Chili Peppers de 2009 a 2019 e trabalhado com Jane’s Addiction, Eddie Vedder, Pearl Jam (com quem está em turnê atualmente), entre outros, o músico americano de 44 anos é acusado de atropelar de forma fatal um pedestre em Alhambra, cidade próxima a Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos.

­

- Advertisement -

De acordo com o TMZ, a ação aponta que o acidente com Josh no volante de um automóvel teria ocorrido no último dia 18 de março. Fotos e vídeos (que podem ser conferidos no site mencionado) apontam que o artista estaria supostamente ao telefone enquanto realizava uma conversão à esquerda. Neste movimento, atingiu um homem de 47 anos, que sofreu uma lesão na cabeça.

A vítima, identificada como Israel Sanchez, faleceu horas depois em função do ferimento. Nenhuma prisão foi feita no local.

Embora as imagens não sejam claras com relação à identidade do motorista, o advogado de Klinghoffer, Andrew Brettler, confirmou o envolvimento do músico no acidente. Ele disse ao site TMZ:

“Foi um acidente trágico. Depois que Josh atropelou esse pedestre no cruzamento, ele imediatamente parou, parou o carro, ligou para o serviço de emergência e esperou a chegada da polícia e da ambulância. Obviamente, ele está cooperando com a polícia durante a investigação de trânsito. Este foi um acidente puramente trágico.”

Leia também:  A música dos Beatles que Paul McCartney não cansa de tocar ao vivo

A defesa da família de Israel Sanchez também se manifestou em comunicado, dizendo:

“O sr. Klinghoffer deveria ser preso e processado por homicídio. Temos um vídeo dele em seu celular no momento em que atropelou e matou Israel Sanchez, um pai amoroso, na faixa de pedestres. Israel Sanchez estava indo ao supermercado com o objetivo de comprar ingredientes para fazer sopa para sua família e nunca mais voltou para casa. Ele agiu de forma correta, olhando o tráfego em sentido contrário e respeitando a sinalização de pedestres, mas tragicamente o sr. Klinghoffer, com pressa e ao telefone, o atingiu fatalmente por trás com uma SUV grande. A perda e a dor que a família Sanchez enfrenta agora são imensas. Não vamos parar até que haja responsabilização e justiça para o sr. Sanchez e sua família.”

Sobre Josh Klinghoffer

Josh Klinghoffer integrou o Red Hot Chili Peppers entre 2007 e 2019. Gravou dois discos com a banda, “I’m With You” (2011) e “The Getaway” (2016).

No período, se tornou o músico mais jovem a ser introduzido ao Rock and Roll Hall of Fame, com 32 anos. Anteriormente, a marca pertencia a Stevie Wonder, que entrou com 38.

Atualmente, vem acompanhando o Pearl Jam e seu vocalista, Eddie Vedder, em carreira solo. Também mantém uma série de projetos autorais, como o Dot Hacker e o Golden Shoulders. Nos últimos anos, substituiu Dave Navarro no Jane’s Adiction.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasJosh Klinghoffer é processado por atropelamento e morte de pedestre
Igor Miranda
Igor Miranda
Igor Miranda é jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital. Escreve sobre música desde 2007. Além de editar este site, é colaborador da Rolling Stone Brasil. Trabalhou para veículos como Whiplash.Net, portal Cifras, revista Guitarload, jornal Correio de Uberlândia, entre outros. Instagram, Twitter e Facebook: @igormirandasite.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades