Filho de Tim Maia posta vídeo de Ed Motta cantando rap após falas sobre hip-hop

"É sempre bom ver que até os críticos mais ferrenhos sabem apreciar um bom rap de vez em quando", declarou Carmelo Maia ao compartilhar filmagem antiga

A fala equivocada de Ed Motta sobre hip-hop feita durante uma live de Instagram na última semana continua a dar o que falar. Após o cantor e multi-instrumentista se desculpar num vídeo postado em suas redes sociais, até membros de sua família continuam a criticá-lo.

Carmelo Maia, filho de Tim Maia e primo de Ed Motta, publicou em seu Instagram na última quarta-feira (19) um vídeo do cantor, quando jovem, recitando a letra de “Rock the Bells”, clássico rap de LL Cool J.

- Advertisement -

Na legenda, ele escreveu:

“Então, Ed Motta declarou que quem gosta de hip hop é ‘burro’. Interessante, considerando que encontrei um vídeo dele cantando e dançando rap como se fosse um veterano do gênero. Vou postar esse vídeo para lembrar a todos que a música, independentemente do estilo, merece respeito. Afinal, é sempre bom ver que até os críticos mais ferrenhos sabem apreciar um bom rap de vez em quando.”

Ed Motta se desculpa

Motta disse numa live de Instagram, no último dia 12, que todo ouvinte de hip-hop é “burro” e ele representa “o lado mais sofisticado” da raça negra. Na terça-feira (18), o músico se desculpou através de um vídeo postado nas redes sociais. O artista declarou:

“Salve, pessoal do hip-hop. Eu vim aqui para pedir desculpas, perdão, a vocês, pelo meu comportamento grosseiro e desrespeitoso sobre o movimento. Eu estava em uma live. Minha live, vocês sabem, é uma live caótica onde eu falo mal de um monte de coisas. Mas não justifica. Foi ruim.”

Leia também:  Pitty se apresenta sentada após cirurgia de emergência e shows adiados

Por fim, complementou:

“Deixei meus amigos tristes, amigos que fazem parte do movimento, e um monte de gente chateada comigo. Então, peço perdão a vocês, eu errei feio.”

Motta tem uma história de falas polêmicas sobre hip-hop. Em 2021, o cantor desmereceu o trabalho de beatmakers por usarem samples ao invés de tocarem instrumentos. Essa declaração atraiu uma dura crítica vinda do produtor Felipe Vassão, conhecido por sua parceria com Emicida.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, Vassão apontou como o próprio Motta teria construído sua carreira a partir do uso de samples e interpolações nas suas músicas, muitas vezes sem dar crédito adequado à origem. O produtor resumiu a atitude do cantor, que não se manifestou sobre o registro, da seguinte maneira:

“O Ed Motta não se ligou que a única diferença entre ele e um beatmaker é que o beatmaker sampleia pelo vinil, toca pelo MPC e ainda paga e dá crédito pras pessoas de onde ele sampleou. Geralmente. O Ed Motta não. Ele ‘sampleia’ pelo ouvido, toca pelo teclado e finge que tudo que ele criou saiu daquela cabeça brilhante dele. Que maroto, hein?”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | TikTok | Facebook | YouTube | Threads.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasFilho de Tim Maia posta vídeo de Ed Motta cantando rap após...
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda
Pedro Hollanda é jornalista formado pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso e cursou Direção Cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Apaixonado por música, já editou blogs de resenhas musicais e contribuiu para sites como Rock'n'Beats e Scream & Yell.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades