Por que Tobias Forge desistiu de fazer do Ghost um novo Rammstein

Alto investimento demandaria maior agenda de shows para cobrir as despesas: "custa tanto criar esse tipo de espetáculo que não dá para fazer uma, duas ou dez vezes só"

O Ghost virou uma atração principal de arenas em quase todo o planeta. Incluindo o maior mercado do mundo, o dos Estados Unidos. Porém, Tobias Forge tinha planos ainda mais ambiciosos.

Inspirado em gigantes históricos, o atual Papa Emeritus IV gostaria que sua criação atingisse os estádios. Uma referência mais atual de quem alcançou tal patamar é o Rammstein.

- Advertisement -

Só que a realidade não é tão esperançosa para o sueco e seus comandados. Apesar do sucesso mais que justificado, o passo adiante parece ser o mais difícil, como o próprio reconheceu em entrevista ao Loudwire.

“O Rammstein, obviamente, é o exemplo perfeito. Se você olhar para um show deles em 1995, é basicamente a mesma coisa, só que ampliado e colocado neste enorme contexto. Acho que o Ghost poderia fazer isso, mas para que aconteça, você precisa vender muitos ingressos em todos os lugares.

Custa tanto criar esse tipo de espetáculo que não dá para fazer uma, duas ou dez vezes só. É necessário muito mais para se recuperar o valor investido no desenvolvimento. Você está literalmente queimando dinheiro. Esse seria meu objetivo de longo prazo.”

Leia também:  Diagnosticado com demência, Jack Russell (Great White) anuncia aposentadoria

Ghost atualmente

Recentemente o Ghost venceu o American Music Awards na categoria Disco Preferido de Rock com “Impera”. O trabalho superou os gigantes Red Hot Chili Peppers, Coldplay, Imagine Dragons e Machine Gun Kelly na votação popular.

A banda já tem shows agendados pela Europa em 2023, prosseguindo a divulgação do seu quinto álbum. Além de apresentações individuais, o grupo tocará nos principais festivais de verão do hemisfério norte.

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | Facebook | YouTube.

ESCOLHAS DO EDITOR
InícioNotíciasPor que Tobias Forge desistiu de fazer do Ghost um novo Rammstein
João Renato Alves
João Renato Alveshttps://twitter.com/vandohalen
João Renato Alves é jornalista, 40 anos, graduado pela Universidade de Cruz Alta (RS) e pós-graduado em Comunicação e Mídias Digitais. Colabora com o Whiplash desde 2002 e administra as páginas da Van do Halen desde 2009. Começou a ouvir Rock na primeira metade dos anos 1990 e nunca mais parou.

DEIXE UMA RESPOSTA (comentários ofensivos não serão aprovados)

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


Últimas notícias

Curiosidades