Curiosidades Destaque Notícias

Vinnie Colla: o baixista brasileiro do Inglorious, banda revelação do hard rock


Nem todo fã de rock do Brasil parece saber, mas o Inglorious, banda britânica que desponta como revelação mundial do hard rock, tem um brasileiro em sua formação: o baixista Vinnie Colla, que entrou para a banda em 2019 (na foto acima, o segundo da esquerda para a direita).

A história da entrada de Vinnie Colla para o Inglorious é curiosa. No início de 2019, os dois guitarristas (Drew Lowe e Andreas Eriksson) e o baixista (Colin Parkinson) saíram da banda, juntos, de uma vez só. O grupo havia acabado de lançar seu terceiro álbum, “Ride to Nowhere”, ainda com Lowe, Eriksson e Parkinson, mas precisava de uma nova formação para as datas da turnê.

– Resenha: ‘Ride To Nowhere’ mostra, enfim, a que veio o Inglorious e seu hard rock

Vinnie Colla foi o último a ser integrado à nova formação, após Danny Dela Cruz e Dan Stevens serem confirmados como guitarristas. Em entrevista exclusiva à edição 103 da Guitarload (clique aqui para ler na íntegra), o brasileiro falou sobre sua entrada para o Inglorious. Ele também revelou que o grupo pode fazer shows no Brasil pela primeira vez em sua carreira.

Ao comentar sua mudança para a Inglaterra, o músico disse: “Eu tocava em São Paulo, em uma mesma banda de covers de rock, chamada Insônica, por 15 anos. Fazíamos 4 a 5 shows por semana, 200 por ano, era requisitada. Porém, sempre quis morar em Londres e entrar em uma banda de rock britânico – meus heróis saíram daqui. Vinha para Londres a passeio, passava alguns dias, pois tenho família aqui, até que cansei de tocar covers na noite de São Paulo e senti que precisava tentar um som autoral, algo difícil no Brasil. Então, mudei para cá em 2014”.

Mesmo após três integrantes saírem de uma vez, o Inglorious logo conseguiu dois guitarristas. O problema estava nas 4 cordas. “Pois precisavam de alguém para uma turnê grande. Um baixista brasileiro de funk foi chamado para testes, mas não quis, por ser rock. Então, ele publicou nas redes em busca de baixistas de rock. Falei para ele lembrar de mim, daí, ele me indicou”, contou.

Vinnie Colla revelou que não conhecia o Inglorious até então, mas gostou do que ouviu. “Nathan (James, vocalista) entrou em contato, perguntou se eu poderia e pediu para eu gravar um vídeo tocando músicas da banda. Gravei, ele assistiu e já me ofereceu a vaga sem me conhecer. Tudo por telefone. Eu só os conheci na sessão de fotos, ninguém sabia se funcionaria, já que não havíamos tocado juntos. Só ensaiamos um mês depois, antes da turnê”, afirmou.

– Os 60 melhores álbuns de rock e metal da década de 2010, na minha opinião

O Inglorious deve lançar seu próximo álbum entre agosto e setembro de 2020, antes da turnê marcada para outubro em diante. “Há grande possibilidade de uma turnê pelas Américas. Não digo que em 2020, mas em 2021, falo para você que deve ter algo no Brasil. Todo mundo se assusta, mas o país que mais compra discos do Inglorious e mais reproduz as músicas da banda no Spotify é o Brasil. Estamos trabalhando para uma turnê nas Américas”, afirmou.

A entrevista completa pode ser conferida na edição 103 da Guitarload (janeiro de 2020).


Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *