Destaque Lançamentos Listas

Ouça: 8 bons álbuns e músicas de rock e metal lançados nesta sexta (19/4)


Nessa breve lista comentada, divulgo álbuns e músicas lançados nesta sexta-feira (19) que chamaram a minha atenção. São, no geral, boas recomendações que se destacaram no meu gosto – e que podem te convencer também.

Ouça, a seguir, 8 álbuns e músicas de rock e metal lançados nesta sexta-feira, 19 de abril – ou durante a semana – que chamaram a minha a atenção. Abaixo, também há uma relação de álbuns divulgados nesta data.

Depois, não deixe de conferir:
– 100 álbuns que estão sendo lançados em abril
– 10 álbuns do 1° trimestre de 2019 que você precisa ouvir
– Os 10 melhores álbuns de rock e metal em 2018

Músicas

Hollywood Vampires – “Who’s Laughing Now”: Desde o lançamento do primeiro álbum, autointitulado e quase todo de covers, fiquei curioso para conferir como o supergrupo capitaneado por Alice Cooper no vocal e Joe Perry e Johnny Depp nas guitarras soaria com um disco autoral. O resultado começou a ser apresentado nesta semana com o single “Who’s Laughing Now”, que antecipa o full-length “Rise”, a ser divulgado em 21 de junho. Assim como Alice em sua carerira solo, o Hollywood Vampires parece adotar uma aura “dark” e quase teatral, ainda que de forma mais discreta. E essa pegada se refletiu em uma canção mais sombria e visceral. Há pouco de Perry, mas muito de Alice nessa faixa. E, ao que tudo indica, “Rise” seguirá esse caminho. Eu, particularmente, não reclamo: sou fã de Cooper e “Who’s Laughing Now” me agradou bastante.

Cranberries – “In The End”: A música final do álbum de despedida dos Cranberries é, também, a última música gravada por Dolores O’Riordan antes de seu inesperado falecimento, em janeiro de 2018, aos 46 anos. De melodia simples, a canção chama a atenção pela interpretação de Dolores e pela letra, que carrega trechos como “não é estranho quando tudo que você sonhou não foi nada do que você sonhou no final?” e “pegue minha casa, o carro, as roupas, mas você não pode levar meu espírito”. Após o ocorrido, parecia até um recado da cantora. O álbum, também chamado “In The End”, chega em 26 de abril.

Accept – “Life’s A Bitch”: Em um momento de instabilidade, com a saída do baixista Peter Baltes, o Accept resolveu lançar um single durante a Record Store Day que serve como recado para os fãs: os caras não querem parar. A nova faixa se destaca pela simplicidade e pelas claras referências ao AC/DC, uma das grandes influências dessa competente e regular banda de heavy metal.

Santana e Buika – “Breaking Down The Door”: Ouvir Santana, mesmo em seus momentos mais pop, sempre representa um legítimo mergulho em instrumentais bem construídos e guitarras envolventes. Nas gravações mais orientadas ao seu “latin rock”, então, nem se fala. Nessa nova música, com participação da cantora espanhola Buika, o elogio é o mesmo: construções rítmicas e melódicas exploradas com maestria. A faixa sucede o EP “In Search of Mona Lisa” e antecede o álbum que a contém, “Africa Speaks”, que conta com produção de Rick Rubin e chega a público no dia 7 de junho.

Paul Gilbert – “Things Can Walk To You”: Já destaquei algumas vezes que não sou fã de trabalhos instrumentais, mas abro exceção para o competente Paul Gilbert, a quem admiro, especialmente, no Mr. Big. Nessa nova faixa, segundo single do álbum “Behold Electric Guitar” (marcado para sair dia 17 de maio), o músico mergulha de cabeça em um blues rock bem melódico e guia o ouvinte com sua guitarra, tanto com slide quanto tocada normalmente. Gilbert, definitivamente, sabe o que faz.

Álbuns

Joyous Wolf – EP “Place In Time”: Seria o Joyuos Wolf o próximo Greta Van Fleet? A afirmação é arriscada, mas o primeiro EP da banda é muito convincente. O material está saindo pela Atlantic Records e deve conquistar boa repercussão graças à sonoridade calcada no hard rock clássico, com uma pontinha de southern rock e frescor contemporâneo. Apesar da classificação em estilos tão definidos, a sonoridade é bastante diversa, especialmente pelos vocais bem definidos e identitários de Nick Reese. Vale a pena ficar de olho nesses garotos.

Pristine – “Road Back To Ruin”: Já faz algum tempo que essa boa banda de hard/blues rock está na área: são mais de 10 anos de carreira e cinco álbuns lançados, contando com este. No novo trabalho, o diferencial são as músicas lançadas como single ou com potencial para tal, como as pegajosas “Sinnerman” e “Landslide”, em contraste com as faixas mais blueseiras, como “Bluebird” e “Aurora Skies”, e as experimentais, como “Blind Spot” e “Cause And Effect”. Tudo isso é regido pela incrível vocalista Heidi Solheim, que demonstra muita segurança em sua performance.

Satan Takes A Holiday – “A New Sensation”: O tom despojado desse trio sueco já está claro em seu próprio nome – algo como “Satan tira férias” – e, sim, as músicas refletem essa intenção de nem sempre se levar a sério. Ainda assim, os caras são bem competentes. Em seu quinto álbum, o grupo segue com a proposta de fazer um rock relativamente contemporâneo, por vezes alternativo, só que sem abrir do peso. As melodias são mais densas que o usual, com direito até a algumas passagens um tanto “grosseiras”. É como se o Royal Blood ficasse bêbado e bem-humorado.

Outros álbuns lançados nesta sexta-feira, 19 de abril (todos estão disponíveis em plataformas de streaming):

  • Cage The Elephant (indie rock) – “Social Cues”
  • Rolling Stones – coletânea “Honk”, com gravações ao vivo da última turnê
  • Jordan Rudess (tecladista do Dream Theater) – “Wired For Madness”
  • Heavy As Texas (heavy metal) – “Heavy As Texas”
  • N’Tribe (classic rock, com membros do Royal Hunt) – EP “Root ‘N’ Branch”
  • Nando Reis – “Não Sou Nenhum Roberto, Mas Às Vezes Chego Perto”, com regravações de músicas de Roberto Carlos
  • Graveyard (hard/blues rock) – EP ao vivo “Live at Pustervik”
  • Desert Crows (banda brasileira de stoner rock) – “Age Of Despair”
  • Grand Magus (heavy/doom metal) – “Wolf God”
  • Blood Command (deathpop) – EP “Return Of The Arsonist”
  • Affäire (hard rock) – “Less Ain’t More”
  • Vainglory (speed metal) – “Manifesting Destiny”
  • Sabbath Assembly (occult rock/heavy metal) – “A Letter of Red”
  • Satan Takes A Holiday (stoner/alternative rock) – “A New Sensation”
  • Jade Bird (americana/indoe rock) – “Jade Bird”
  • Chokehold (hardcore) – “With This Thread I Hold On”
  • Starbenders (rock alternativo) – EP “Japanese Rooms”
  • Ryan Adams (indie rock) – “Big Colors”
  • We Are Scientists (indie rock/post-punk) – “Megaplex: Rise of the Lycans”
  • After The Burial (progressive deathcore) – “Evergreen”
  • Tripsitter (metalcore) – “The Other Side of Sadness”
  • Sister Shotgun (metal alternativo) – “Fragments”
  • Hollier (indie rock) – “Ready To Go”
  • Alpha Wolf (nu metalcore) – EP “Fault”
  • Allegaeon (melodic death metal) – “Apoptosis”
  • Sloan Peterson (indie rock/pop) – “Midnight Love, Vol. 2”
  • Dead To A Dying World (blackened doom metal) – “Elegy”
  • Fractal Universe (technical death metal) – “Rhizomes Of Insanity”
  • Countless Goodbyes (metalcore) – “Cycles”
  • Uncured (progressive death metal) – “Epidemic”
  • Mork (black metal) – “Det Svarte Juv”

Igor Miranda
Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Escreve sobre música desde 2007. Atualmente, é redator do Whiplash.Net, o maior site sobre rock e heavy metal do Brasil. Também é editor-chefe da revista e site Guitarload, para guitarristas, e redator do site Revista Cifras, a página editorial do portal Cifras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *